mais

Fundo Russo pede prazo para avaliar envio da vacina Sputnik, diz W. Dias

A previsão, articulada por meio do Consórcio Nordeste, era ter o lote com 1,6 milhão de doses da vacina russa em solo brasileiro dia 28 de julho

O presidente do Consórcio Nordeste e governador do Piauí, Wellington Dias, foi comunicado, nessa quarta-feira (21), em reunião virtual, que o Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF), responsável pelo fornecimento da vacina Sputnik V, solicitou prazo de 48 horas para avaliar o posicionamento do governo brasileiro, em relação ao uso do imunizante no Brasil. A previsão, articulada por meio do Consórcio Nordeste, era ter o lote com 1,6 milhão de doses da vacina russa em solo brasileiro dia 28 de julho. O cronograma de entrega pode ser comprometido.

“O esforço dos governadores do Brasil para que a gente tenha esta vacina tem sido uma corrida de obstáculos. Vencemos um e aparece outro. Ora é a Anvisa, ora uma posição do Ministério da Saúde, como aconteceu agora. Por isso oficializamos pedindo um posicionamento”, declarou Dias.

O cronograma de entrega pode ser comprometido - Foto: CcomO cronograma de entrega pode ser comprometido - Foto: Ccom

O Consórcio Nordeste enviou ofício ao Ministério da Saúde (MS), questionando a declaração do ministro Marcelo Queiroga, de que a Sputnik não seria mais necessária ao povo brasileiro, possuindo o país quantitativo suficiente de vacinas adquiridas. “O Consórcio Nordeste mantém a posição de inclusão deste imunizante no Plano Nacional de Imunização, por entender ser este extremamente necessário para a ampliação da vacinação em nosso país. Os governadores se colocam abertos ao diálogo, mas solicitamos um posicionamento formal e expresso deste ministro da Saúde quanto à decisão de retirada da vacina Sputnik V do PNI” diz o documento.

A aquisição da vacina russa contra a Covid-19 foi negociada pelo Consórcio Nordeste com o objetivo de ampliar a imunização da população brasileira. O quantitativo seria somado ao adquirido diretamente pelo MS, e distribuído aos estados brasileiros segundo os critérios estabelecidos no Plano Nacional de Imunização (PNI).

“Nós pedimos ao Fundo Russo que ficasse mantido o cronograma de entrega. Que a gente possa, rapidamente, estar trabalhando por mais vacinas e, ao mesmo tempo, salvar mais vidas no Brasil”, finalizou Dias.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail