Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Homem infarta e morre após esposa e filho morrerem com coronavírus

A filha de Silvio Dias Novaes afirmou que a vida da família desandou desde a morte da mãe e do irmão

Compartilhe

O despachante municipal Silvio Dias Novaes, de 60 anos, morre após sofrer um infarto em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Ele veio á óbito três meses após perder a esposa e o filho para o coronavírus.

A filha de Sílvio, Maria Carolina da Silva Novaes disse que ele, sua mãe e irmão contraíram o vírus após se revezarem para acompanhar o homem em um hospital de Cubatão (SP), depois dele ter tido um AVC.

Alzira faleceu dia 27 de abril e o filho havia morrido 15 dias antes dela. Na tarde desta sexta-feira (17), Silvio teve sofreu o  infarto em casa. Segundo a técnica de enfermagem, a vida da família desandou desde a morte da mãe e do irmão. Como o pai perdeu todos os movimentos e também lidava com o luto pelos familiares, entrou em depressão e precisou tomar remédios.

Silvio Dias Novaes morreu 3 meses após perder esposa e filho para coronavírus

"Por fora ele parecia estar bem, mas chorava todas as noites pela situação e pela ausência da minha mãe e irmão. Nesta sexta, por volta de 11h05, ele mandou para todos um vídeo da minha mãe cantando na igreja, e uns 15 minutos depois passou mal e morreu. Estamos arrasadas. Não sei como a vida pode ter sido tão injusta com a gente", desabafa.

O velório e sepultamento de Silvio ocorreram neste sábado, com limitação de pessoas devido à pandemia.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar