mais

Jovem grávida com Covid morre uma hora após filha recém-nascida, em SC

A catarinense Adelita, 24 anos, teve que passar por uma cesárea de emergência com 32 semanas de gestação após contrair covid-19. Infelizmente, mãe e filha não resistiram e morreram com apenas uma hora de diferença

Everton Henório Domingos, 28 anos, que trabalha como conferente de mercadorias em uma empresa de material de construção no pequeno município de Lauro Müller, em Santa Catarina, sofreu duas grandes perdas no último domingo(26): a esposa e a filha recém-nascida. 

Adelita Alves Nunes, 24 anos, contraiu covid-19, precisou ser internada e passou por uma cesárea de emergência com 32 semanas de gestação.

A bebê, que nasceu prematura, sofreu uma parada cardiorrespiratória e teve que ser entubada, assim como a mãe. No entanto, mãe e filha não resistiram e morreram com apenas uma hora de diferença.

"Nunca imaginei, ninguém espera. Eu estava confiante que elas melhorariam. Oramos tanto a Deus. Ao mesmo tempo que estávamos aflitos, achávamos que daria tudo certo. Não tem palavras. É um vazio, a gente fica num buraco", lamentou. Segundo Everton, a esposa não estava vacinada contra a covid"A vacinação para gestantes na nossa cidade iniciou semana passada, quando ela já estava isolada com covid", lamentou.

Grávida com covid morre uma hora após a filhaGrávida com covid morre uma hora após a filha

Mortes causam comoção 

Em entrevista, ele relembrou sintomas da mulher e o nascimento da filha, Ana Clara, que ele não chegou a conhecer. "Não tive coragem", admite. 

"Estávamos casados há 2 anos e 2 meses e não estávamos planejando ter um bebê nesse momento, justamente por causa da pandemia. Mas a gente também não se cuidou. Então, pouco antes do Natal, descobrimos que ela estava grávida. Foi uma gestação bem tranquila e Adelita não tinha problemas de saúde. No entanto, há cerca de duas semanas, ela começou com tosse e passou a espirrar muito... Achamos que era apenas a rinite alérgica ou uma gripe, em função do frio, mas ficamos de olho. No dia seguinte, ela já amanheceu com muita tosse, dor no corpo e febril. Então, resolvemos fazer o teste de covid-19 em um laboratório particular. Ela não estava trabalhando, estava em casa e estávamos nos cuidando, mas, em seguida, veio o resultado positivo. Levamos um choque, mas procurei mantê-la tranquila - e achamos que daria tudo certo.

A morte de mãe e filha causou comoção no município. "O Everton vivia um conto de fadas ao lado da esposa. Ele é um trabalhador, rapaz muito religioso, que namorou pouco. Era um casal espetacular. Everton, Adelita e a filhinha Ana Clara, com certeza, iriam formar uma família linda. Eu não consigo imaginar a dor deste rapaz e da família. Só Deus é capaz de acalmar esse coração, eles eram felizes", lamentou o radialista Edio Antônio, amigo do casal.

Casal estavam juntos há dois anos e esperavam a primeira filhaCasal estavam juntos há dois anos e esperavam a primeira filha


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail