Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Manter equilíbrio emocional é o maior desafio contra o coronavírus

Professora dá dicas de como enfrentar a quarentena

Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

Nossa sociedade nunca viveu dias como os que estamos vivendo agora: de repente, somos obrigados a ficar isolados, em quarentena, distantes do trabalho e de quem amamos. O que fazer para não "pirar"?

Segundo a coach acadêmica  da FECAP, Maria de Lurdes Zamora Damião, estamos experimentando uma situação completamente desconhecida, cheia de incertezas, e nosso maior desafio é manter o equilíbrio mental e emocional.

Para a professora, o brasileiro é um povo festivo, caloroso e sociável, e essas características devem ser mantidas neste momento, mas de uma forma diferente. Um ponto importante para refletir é a forma como o indivíduo está se posicionando em relação ao fato de ter que ficar em casa. "Você pode sentir que é uma vítima que está sendo obrigada a se isolar, ou sentir que fez a opção por se recolher para proteger sua vida e das pessoas que ama. Perceba que seu ponto de vista pode levá-lo ao estresse, que fragiliza sua imunidade; ou te fortalecer para, com discernimento, enfrentar esse desafio", diz.

REDES SOCIAIS APROXIMAM?

Segundo a coach, a tecnologia oferece possibilidades muito úteis neste momento de recolhimento. "Conversar e ver os familiares e amigos, saber se estão bem, são contribuições preciosas que acalentam nossos corações. Uma amiga fez a festa de aniversário do filho pequeno com toda família utilizando um aplicativo. Cantaram parabéns e comemoraram juntos, apesar de distantes".

MUITO TEMPO JUNTO GERA CONFLITO?

Com o isolamento, cônjuges ou familiares que só ficavam juntos no fim do dia ou nos fins de semana estão muito mais tempo juntos. Para evitar atritos, Maria de Lourdes acredita que o importante é entender que esses momentos podem ser utilizados para o diálogo respeitoso, empático e conciliador. "A correria do dia a dia e a falta de diálogo camuflam os problemas, e neste período de recolhimento, em que as distrações foram retiradas e a convivência é integral, eles acabam emergindo e causando desentendimentos".

MANTENHA UMA ROTINA

Para quem está trabalhando home-office, o ideal é planejar a semana com disciplina, para que o trabalho não se misture com as tarefas domésticas, por exemplo. "Para fazer a divisão do tempo, avalie a semana ou dia, identificando as necessidades de descanso, sono, higiene, home-office, faculdade, lazer, refeições, revisões de conteúdo, exercícios físicos, atividade religiosa, entre outros. Registre essas informações em uma planilha", ela ensina.

Também é possível utilizar um ‘kanban’, sistema que utiliza cartões ou post-its coloridos para designar e especificar tarefas e, dessa forma aprimorar a gestão do tempo. "Fixe o kanban em um local visível e movimente o post-it a cada alteração, na ação de cada atividade. É interessante definir pequenos prêmios para cada meta conquistada, ou um super prêmio para aquelas metas mais desafiadoras. Seja disciplinado e não procrastine".

A professora acredita que, neste momento, é preciso que as pessoas continuem alimentando sonhos e propósitos, aproveitando o recolhimento para dedicar-se à construção, revisão ou desenvolvimento de um plano de ação individual. "Lembre-se que tudo passa e este momento com certeza vai passar. Esta é uma excelente oportunidade para conhecer a si mesmo e aos outros, repensar a forma como vivemos e conduzimos nossos relacionamentos, rever propósitos e o que valorizamos. Confie, faça sua parte e colabore com os demais", finaliza.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar