O avanço de casos da variante Ômicron e de influenza no Brasil acendido o sinal de alerta e sobrecarregado prontos-socorros no país e elevado o percentual de ocupação nas unidades de terapia intensiva (UTIs).

A semana móvel teve mais de 50 mil casos por dia pela primeira vez desde julho- 794% de aumento na comparação com 14 dias atrás. Só no último boletim, emitido na quarta-feira, o Brasil registrou 87.471 novos casos confirmados de Covid-19. O número, que pode estar bastante subnotificado, é maior que o contabilizado no dia anterior, quando 70.765 contaminados foram notificados

Covid-19: Semana móvel tem mais de 50 mil casos por diaCovid-19: Semana móvel tem mais de 50 mil casos por diaCovid-19: Semana móvel tem mais de 50 mil casos por dia

Essa combinação do aumento dos números da pandemia de Covid-19 e da epidemia de gripe ameaça provocar um colapso do sistema, segundo o próprio ministro da Saúde admitiu na quarta-feira (12/1). Em entrevista coletiva, o chefe da pasta admitiu “perspectivas de colapsos:

Pesquisa da Universidade de Washington prevê 1 milhão de casos de Covid-19 por dia no país até o fim de janeiro, caso  medidas restritivas mais fortes não sejam retomadas.