Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Órgãos estaduais retornarão ao trabalho presencial por etapas no Piauí

A retomada do trabalho presencial nos órgãos será feita por etapas, priorizando as pastas que exigem a presença do servidor no local de trabalho.

Compartilhe

A retorno das atividades presenciais nos órgãos do Estado deverá ser realizada por etapas, obedecendo a um cronograma elaborado pelas secretarias de Administração e Previdência (SeadPrev) e Planejamento (Seplan). De acordo com as informações, a ideia é priorizar o retorno das pastas cujo trabalho exige a presença dos servidores no órgão. O assunto foi discutido em reunião por videoconferência conduzida pelos secretários Merlong Solano e Antônio Neto, nessa sexta-feira (3).

Responsável pela elaboração do plano de retomada organizada, o secretário de Planejamento, Antônio Neto, explicou que ainda não há uma data definida para o retorno do serviço público, mas a Seplan já está analisando quais órgãos poderão voltar ao trabalho presencial no primeiro momento. “Vamos criar um grupo de trabalho com a SeadPrev e a Divisão de Vigilância Sanitária do Estado (Divisa) para avaliar quais secretarias devem retornar primeiro e quais podem voltar em um segundo momento. Criaremos um cronograma que será apresentado ao governador Wellington Dias”, enfatizou o secretário.

LEIA MAIS: Fique sabendo tudo sobre a reabertura do setor produtivo

Órgão estaduais se preparam para retomada gradual de atividades presenciais 

“A ideia é priorizar aqueles órgãos cujo serviço exija a presença do servidor no ambiente de trabalho. Muitas pastas conseguem realizar muito bem suas atividades em home office, estas permanecerão assim por mais tempo. Os ajustes serão feitos de acordo com as especificidades de cada setor”, pontuou o secretário Merlong Solano.

O gestor frisou que serão avaliados critérios como número total de servidores por órgão, a quantidade de pessoas em grupo de risco, se a estrutura física do local permite que sejam feitas as adaptações necessárias ao retorno com segurança, dentre outros fatores. “Outro ponto importante para o retorno são os insumos.  A SeadPrev está adquirindo álcool em gel 70%, dispensadores de álcool, sabonete líquido e papel toalha para todos os órgãos”, explicou Merlong.

LEIA MAIS:  Comércio no centro e shoppings não tem previsão de volta em Teresina

Protocolo de retorno

A diretora geral da Divisa, Tatiana Chaves, apresentou o protocolo higienicossanitário de retorno do serviço público. O documento é específico para a administração pública e prevê a realização de treinamento de pessoal e adoção de protocolos para limpeza e desinfecção de áreas comuns, cuidados em relação às refeições, compartilhamento de objetos, dentre outros. “Precisamos rever coisas muito básicas do local de trabalho, coisas que passam despercebidas, como o uso coletivo da garrafa de café e do pote de biscoito, por exemplo. Enfim, é a preparação para o novo normal”, pontuou Tatiana Chaves.

Cartilha

O secretário Merlong apresentou aos gestores a cartilha virtual elaborada pela SeadPrev com orientações para que os servidores possam evitar a contaminação pelo novo coronavírus. “Outra ação desenvolvida foi a criação de cartazes com as principais recomendações para as dependências dos órgãos, para que servidor e público estejam bem informados sobre as medidas de prevenção em relação à Covid-19. A Coordenadoria de Comunicação foi nossa parceira na elaboração da cartilha e dos cartazes”, destacou o secretário.

LEIA MAIS: Teresina terá medidas de isolamento mais rígidas no final de semana





Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar