mais

Pelo menos 15 capitais continuam vacinando adolescentes sem comorbidades

Mesmo após a recomendação do Ministério da Saúde de só vacinar adolescentes com comorbidades, capitais mantiveram cronograma de vacinação contra a Covid-19

Pelo menos 15 capitais do Brasil, além do Distrito Federal vão prosseguir com seus planos de imunização contra a Covid-19 para adolescentes entre 12 e 17 anos, mesmo após a recomendação do Ministério da Saúde de só vacinar adolescentes com comorbidades.

Veja como está a vacinação de adolescentes nas capitais:

Aracaju  (SE) - A Prefeitura de Aracaju divulgou nesta sexta-feira (17) que continua vacinando adolescentes de 16 anos sem comorbidades, até o dia 23 de setembro. 

Maceió (AL) - Ainda ontem, a Prefeitura de Maceió divulgou que segue a recomendação da Anvisa de vacinar adolescentes com a Pfizer e continua com o plano de imunizar todos os jovens, mesmo sem comorbidades. A Prefeitura deu continuidade à vacinação de todos os adolescentes nesta sexta-feira (17).

"Vamos dar continuidade à vacinação desses adolescentes levando em consideração que o próprio Ministério da Saúde e a Anvisa liberaram a vacinação com o imunizante da Pfizer, que é o que estamos utilizando", afirmou o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada para Enfrentamento da Covid-19, Claydson Moura.

Recife (PE) - O Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação do Recife informou que vai continuar vacinando adolescentes de 12 a 17 anos, com a Pfizer. 


Fortaleza (CE) - O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), afirmou em seu perfil no Twitter que a cidade seguirá vacinando adolescentes sem comorbidades ou deficiência. "A Prefeitura de Fortaleza acompanha a decisão tomada pela Comissão Intergestores Bipartite de seguir com a vacinação do público de 12 a 17 anos", escreveu.

São Luís (MA) - O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), informou ainda ontem que a vacinação de adolescentes continuaria na capital maranhense. "Conass, Conasems, a Sociedade Brasileira de Imunizações e a própria Anvisa já se manifestaram favoravelmente pela continuidade da vacinação", lembrou.

Natal (RN) - A Secretaria de Saúde de Natal informa à população que a vacinação de adolescentes sem comorbidades, que seria iniciada ontem (17), foi suspensa na capital. 

Belém (PA) - Na noite de ontem, a prefeitura de Belém informou que continuará a imunização de adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidade e divulgou em seu Twitter um vídeo do diretor de vigilância à saúde, Cláudio Salgado, falando sobre a importância da manutenção da medida.

Palmas (TO) - A prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) foi mais uma que usou o Twitter para informar que o município não vai seguir a orientação do Ministério da Saúde em relação à vacinação de adolescentes. "Não seremos "cobaias" de um desgoverno. Não é justo a confusão, aflição e insegurança geradas em milhares de mães e pais de adolescentes", criticou.

Rio Branco (AC) - Hoje a vacinação contra covid-19 de adolecentes a partir de 12 anos, com ou sem comorbidades, foi mantida em Rio Branco. 

Porto Velho (RO) - A Prefeitura de Porto Velho decidiu retomar a vacinação de todos os adolescentes apesar da recomendação do Ministério da Saúde. Segundo comunicado da prefeitura, há estoque suficiente do imunizante da Pfizer para seguir com a imunização. "As principais autoridades em saúde no Brasil, como a Anvisa, Conass, Conasems e a Sociedade Brasileira de Imunologia respaldam o processo de vacinação desses adolescentes, logo, seria ilógico a não aplicação da segunda dose nos adolescentes que já receberam a primeira aplicação. Seria como jogar vacinas fora", afirmou o prefeito Hildon Chaves (PSDB).

São Paulo (SP) -  A prefeitura de São Paulo emitiu uma nota informando que continuará a vacinar os adolescentes sem comorbidades. O município já aplicou 712.499 primeiras doses em jovens de 12 a 17 anos, o que representa 84,4% de cobertura vacinal deste público, estimado em 844.073 pessoas. 

Rio de Janeiro (RJ) - Após a recomendação do ministério, o Rio de Janeiro decidiu manter a vacinação de adolescentes de 14 anos, que já estava planejada para ontem e hoje. A cidade ainda está avaliando o que vai fazer no caso dos adolescentes com 12 e 13 anos sem comorbidades. O prefeito Eduardo Paes (PSD) disse hoje que pretende seguir com a imunização: "Se depender de mim, o Rio continuará a vacinação até os 12 anos". 

Vitória (ES) -  A Prefeitura de Vitória segue vacinando adolescente de 15 a 17 anos sem comorbidades. Ainda não há informações sobre a imunização dos adolescentes de 12 a 14 anos.

Porto Alegre (RS) -  A Prefeitura de Porto Alegre decidiu manter a vacinação com a primeira dose da vacina para todas as pessoas a partir de 15 anos e para adolescentes de 12 a 14 anos com comorbidades. 

Florianópolis (SC) - O prefeito Gean Loureiro (DEM) informou em seu perfil no Twitter que a cidade continuará vacinando os adolescentes, mesmo sem comorbidades. "Vamos seguir o entendimento TÉCNICO dos médicos e continuar vacinando adolescentes. Quanto mais vacinados, melhor. A Pfizer é segura para adolescentes!", escreveu. A capital de Santa Catarina está vacinando pessoas de 16 anos ou mais e adolescentes de 12 a 16 anos com comorbidades. 

Vacina apenas para adolescentes com comorbidades

João Pessoa (PB) - Em João Pessoa estão sendo vacinados os adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidade ou deficiência. Ainda não há informação sobre a programação para imunizar os menores de idade que não se enquadram nestes casos.

Belo Horizonte (MG) - Em Belo Horizonte, estão sendo vacinados todos os adolescentes a partir de 12 anos com comorbidades. Cuiabá A assessoria da Secretaria de Saúde de Cuiabá informou que ainda não tinha começado a vacinação neste público porque não tem doses de vacinas suficientes, mas ponderou que quando os imunizantes estiverem disponíveis, a prefeitura vai seguir a recomendação do Ministério da Saúde.

Salvador (BA) - Ainda na quinta-feira (16), Salvador suspendeu a vacinação de adolescentes sem comorbidades. A capital planejava abrir a imunização para o público de 17 a 14 anos. Manteve, portanto, a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades e/ou deficiência permanente. Nesta sexta-feira (17), a estratégia seguiu com a repescagem 18 anos ou mais que ainda não iniciaram o esquema vacinal na cidade e estão com o nome na lista do site da Secretaria Municipal da Saúde.

Goiânia (GO) - A Prefeitura de Goiânia está vacinando todos os adolescentes de 17 anos. De 12 a 16 anos, só estão recebendo a vacina os menores de idade portadores de deficiência, gestantes e puérperas. Distrito Federal "O Distrito Federal vai manter a vacinação de adolescentes de 14 ,15, 16 e 17 anos com a vacina Pfizer, como estava previsto. A vacina Pfizer é a única que tem registro definitivo, e ela é mundial. Isso é fundamental. E nunca houve nenhuma manifestação da Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária] quanto a isso", afirmou o secretário de Saúde, general Pafiadache, durante coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (16).

TERESINA (PI) - Embora Teresina ainda não tenha aberto a vacinação para os adolescentes, a Prefeitura informou que deve seguir a recomendação do Ministério da Saúde . "A Fundação Municipal de Saúde de Teresina (FMS) afirmou que "segue rigorosamente o Plano Nacional de Imunização definido pelo Ministério da Saúde. Portanto, a Fundação Municipal de Saúde vai seguir o que o Ministério da Saúde definir", informou ao Meionorte.com.

Com informações da Agência Brasil e UOL

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail