Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Piauí tem 11 crianças com coronavírus e casos sobem para 217

O Estado possui 2898 casos descartados

Compartilhe

O boletim epidemiológico divulgado na noite desta quarta-feira (22) pela Secretaria de Saúde apontou o aumento de 206 para 217 no número de casos confirmados de coronavírus.

Segundo o boletim, foram confirmados mais 11 casos da doença ( 5 mulheres e 6 homens). Deste total, três são  crianças, sendo duas de Floriano, com idades de 2 e 7 anos, e uma de 9 anos, de São Raimundo Nonato.  

Até o momento, o Piauí possui 11 crianças confirmadas com Covid-19, o que representa 5,07% dos casos. A mais nova é um bebê de 4 meses. Não foi registrado aumento no número de municípios com casos confirmados.

O Estado possui 2898 casos descartados. São 123 internados (75 leitos clínicos, 47 em UTI e1 leito de estabilização) e 84 altas.



165 mortes em 24h

O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira, 22 de abril, o mais recente balanço dos casos relacionados ao novo coronavírus no Brasil. Os principais dados são:

- 2.906 mortes, na terça eram 2.741.

- 45.757 casos confirmados, na terça eram 43.079.
- São Paulo tem 1.134 mortes e 15.914 casos

Fake News prejudica isolamento social

O governador Wellington Dias (PT) alertou à população, nesta quarta-feira (22), quanto às fake news que circulam pelas redes relacionadas ao novo Coronavírus.

Segundo ele, estamos em um dos momentos mais delicados da humanidade e, graças a Deus, existem muitas pessoas sérias dedicadas a esse doloroso trabalho. Entretanto, falsas notícias podem prejudicar o isolamento social, aumentando as chances de contágio entre a população.

Em vídeo, o governador relatou: "São profissionais que estão se dedicando incansavelmente. Mas, infelizmente, enquanto muitos trabalham para salvar vidas, há um crescimento criminoso de fake news, notícias falsas e ataques sem fundamento"

"Esse é um problema que pode prejudicar o entendimento da população e atrapalhar o andamento favorável das medidas para a preservação da vida. Peço para as pessoas separarem o joio do trigo, o que é fake e o que é verdade. Isso é importante para que tenhamos êxito e a verdade prevaleça. Só assim, vamos conseguir vencer o coronavírus no Piauí", declarou Wellington Dias.

Retorno das atividades economicas

O governador Wellington Dias realizou na quarta-feira (22) uma reunião com o presidente da Associação Piauienses de Municípios (APPM), Jonas Mouras, e com o prefeito de Teresina, Firmino Filho, para discutir um plano de retomada gradual das atividades no Piauí.

Para Wellington, um rigoroso procedimento deve ser estabelecido para que se construa etapas de retomada de algumas atividades. O isolamento social está mantido, mas um plano estratégico está sendo desenvolvido e será apresentado a entidades econômicas e da sociedade civil estabelecendo parâmetros para os setores, mantendo a segurança da saúde da população.

Na reunião, foi discutido um planejamento para os próximos meses a fim de manter um entendimento com os diversos setores que compõem a sociedade piauiense. “Precisamos garantir que a população fique segura e para isso vamos estabelecer parâmetros para qualquer nova decisão nos decretos. “A priori, mantemos o isolamento social e Iremos manter a testagem, além das pesquisas de testagem por amostragem e coleta de dados, assim, saberemos onde temos pessoas infectadas com a Covid-19 e planejarmos as estratégias. É preciso que haja uma queda de pessoas com doenças respiratórias, como H1N1, Inluenza, para que, consequentemente, haja a queda na demanda por leitos de UTI. Essa proposta envolve ainda a redução da contaminação e de óbitos”, pontou o chefe do executivo piauiense.

Novas regras para supermercados

O prefeito Firmino Filho assinou o Decreto nº 19.671 instituindo novas regras de funcionamento para supermercados e outros estabelecimentos que comercializam gêneros alimentícios. O objetivo é fazer com que esses locais reforcem os procedimentos de higienização e garantam condutas adequadas de segurança, higiene pessoal e controle de saúde dos seus trabalhadores e clientes durante a pandemia do novo coronavírus em Teresina.

O decreto determina que os estabelecimentos devem reduzir, pela metade, o número de carrinhos e cestas de compras à disposição dos consumidores e o número de vagas no estacionamento. Também limita o acesso ao estabelecimento, garantindo assim que a lotação não ultrapasse a metade da capacidade física da estrutura. Uma vez alcançado o limite de ocupação do local, uma nova pessoa só poderá entrar quando outra sair.

Os supermercados devem também limitar a entrada de clientes, permitindo apenas um por vez, exceto em casos de pessoas que precisem de acompanhamento. Deve também haver faixas ou marcações para assegurar a distância mínima de dois metros entre os clientes nas filas, e entre as filas, de acesso ao local. Só será permitida a entrada de pessoas usando máscaras de proteção.

Retorno do comércio em THE

A Prefeitura de Teresina iniciou há cerca de duas semanas uma discussão com as entidades representativas de empresários, industriais e trabalhadores para planejar uma eventual retomada das atividades econômicas da cidade. Todas as medidas adotadas levarão em conta as determinações da OMS (Organização Mundial da Saúde), de forma a garantir padrões mínimos de segurança para todos durante a pandemia do Novo Coronavírus.

“A ideia é gerar um planejamento para uma eventual saída do atual estágio de isolamento social, com protocolos corretos para o retorno das atividades. O processo exige o respeito a algumas condicionantes, baseadas nas regras gerais da Organização Mundial da Saúde (OMS); na capacidade de atendimento do sistema hospitalar, especialmente UTIs; e na velocidade de disseminação do vírus para que possamos ter modelos de previsão mais acurados”, explicou o prefeito Firmino Fillho.

O planejamento vai levar em conta também as pesquisas sanitárias que estão em andamento em Teresina, que incluem testes para a COVID-19. “O objetivo é conhecer a situação da pandemia na cidade, já que a testagem ainda é insuficiente e não há dados concretos sobre o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus”, ressalta o professor Washington Bonfim, membro do Comitê Gestor de Medidas para Enfrentamento da Pandemia Coronavírus-COVID-19 da Prefeitura de Teresina.

Decreto obriga uso de máscaras 

O governador Wellington Dias assinou o decreto  nº 18.947, de 22 de abril de 2020, que estabelece o uso obrigatório de máscaras de proteção facial. Esta é mais uma medida de enfrentamento à Covid-19, com o objetivo de garantir mais segurança para a saúde dos piauienses. As máscaras devem ser confeccionadas segundo as orientações do Ministério da Saúde e tornam-se necessárias ao sair de casa, deslocar-se por vias pública ou permanecer em espaços onde circulem outras pessoas.

No decreto, é recomendado à população em geral o uso de máscaras artesanais, que podem ser confeccionadas, por exemplo, com tecidos de camisetas e elástico. Os modelos são reproduzidos no anexo do decreto e estão disponíveis na página virtual do Ministério da Saúde: www.saude.gov.br.





Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar