Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Prefeitura indica que 18% da população de Teresina já foi infectada

Para a retomada econômica, prefeito de Teresina voltou a defender lockdown para que o processo se dê de forma segura e ainda no início do mês que vem

Compartilhe

Em transmissão ao vivo, o prefeito Firmino Filho (PSDB) apresentou nesta quarta-feira, 24 de junho, os resultados da décima etapa da pesquisa sorológica realizada entre os dias 19 e 21 de junho em Teresina.

“Os casos positivos responderam por 18,11% da nossa população, com uma estimativa de 156.623 infectados, com uma sobnotificação de 35 vezes”, indicou o líder municipal.

Diante dos dados, Firmino sintetizou um dado positivo: o índice de crescimento no número de infectados atingiu o menor patamar desde o início da pandemia, o que evidencia uma desaceleração na pandemia na capital piauiense. “Tivemos a menor taxa de crescimento esta semana: 17%, nessa última semana houve esse crescimento, mas numa taxa bem menor, há um indício que estamos na parte da curva que deixou de ser um crescimento explosivo”, sinalizou.

Porém, a taxa de transmissibilidade voltou a apresentar um crescimento e ficar acima de 1. “A taxa de transmissibilidade chegou a ficar menor do que 1, esta semana ficou flutuando em torno de 1, ficando em 1,06.  Já existe uma circulação comunitária do vírus, já está assim há algum tempo”, disse.

Quanto a reabertura, o prefeito indicou que vê condições em começá-la no mês de julho, porém voltou a defender um esforço conjunta dos atores políticos para que haja um reforço no isolamento nas próximas duas semanas, inclusive com lockdown, para que a retomada seja mais segura.

“Se tivermos uma confirmação do decréscimo de casos, decréscimo de óbitos já estaremos na condição de uma retomada segura. Nessas duas/três semanas um compromisso do reforço do isolamento para que tenhamos a certeza que estamos do outro lado, estamos numa maratona, na reta final, então vamos fazer um Sprint final, um super esforço, através da radicalização da taxa de isolamento, com um lockdown, três, quatro dias, foi uma proposta que levei para algumas pessoas, umas receberam bem, outras não, estamos colocando em julho, mas fazendo não baseada em expectativa, mas na certeza do nosso próprio esforço na reta fina, essa retomada não pode ser uma decisão de A, B e C, tem que ser partilhada. É muito provável que vamos ter condições, mas com esse esforço final”, disse.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar