Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Retomada terá 11 mil pessoas circulando nos ônibus de Teresina

Trabalhadores dos setores da construção civil, peças automotivas, e comércio varejista da construção civil retornam às atividades nos estabelecimentos

Compartilhe

Em coletiva de imprensa nesta sexta-feira, 03 de julho, o coordenador do Comitê Gestor de Enfrentamento à Covid-19 em Teresina, Washington Bonfim, explicou o plano de retomada dos serviços não essenciais na capital piauiense, que tem início na próxima segunda-feira, 06 de julho. No que se relaciona a logística de transportes, o ex-secretário declarou que os terminais de integração não funcionarão, no sentido de evitar aglomerações.

“Uma das primeiras medidas administrativas é essa, estamos trabalhando com horários diferenciados para reduzir isso, e outro ponto é que no contexto deste grupo das vigilâncias sanitárias está sendo feito um protocolo específico para a segurança do trabalhador; num primeiro momento será usado o radial, sem o terminal de integração para evitar a aglomeração”, afirmou.

Na ocasião, o secretário municipal de Finanças, Francisco Canindé, declarou que o sistema está sendo analisado paulatinamente, seguindo as demandas dos setores que serão flexibilizados.

“O setor passou boa parte de greve e está retornado, e vai retornar aos poucos, se analisando de que setores vão entrar na flexibilização, analisamos que estes não geram grande impacto e isso vai ser paulatino”, disse.

Coletiva de imprensa online contou com a presença de Washigton Bonfim


Ao todo, a estimativa é que a partir do dia 06 de julho, 11 mil pessoas a mais passem a depender do transporte público de Teresina, são os trabalhadores da construção civil, peças automotivas e áreas correlatas.

“A retomada não é algo que vai acontecer amanhã, o normal não vai acontecer até que tenhamos medicamento ou vacina. Temos um cálculo estimado nestes setores de algo em torno de 20 mil/22 mil trabalhadores de carteira assinada, seria o número total se voltasse 100%, então é em torno de 10/11 mil”, explicou Washington Bonfim.

Retorno gradual dos motoristas e cobradores na terça-feira (07)

Apesar dos motoristas e cobradores de ônibus em Teresina terem resolvido manter a greve da categora; o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Rodoviário do Piauí (Sintetro-PI) aceitou a proposta do Ministério Público do Trabalho (MPT) de realizar o retorno gradual a partir de terça-feira (7). Neste sentido, 30% da frota de ônibus volta a circular em Teresina, atingindo 70% nos horários de pico. 

Além disso, está prevista para a próxima segunda-feira, 06 de julho, data da retomada dos serviços não essenciais de Teresina, uma nova assembleia para tratar sobre a questão. 

O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Rodoviário do Piauí (Sintetro-PI) divulgou uma nota sobre o movimento paredista, confira na íntegra: 

O momento é de extrema preocupação, além de estarmos enfrentando essa pandemia do COVID-19, que nos deixa extremamente preocupados com os trabalhadores do Sistema de Transporte Urbano de Teresina-PI, e a sociedade em geral, temos um grande desafio que somente juntos é que podemos enfrentar.

A Greve Continua, enquanto não houver uma proposta do patronal que venha a contemplar os trabalhadores rodoviários. Tivemos mais uma rodada de diálogo que não está de acordo com a vontade da categoria, e assim nós que fazemos o SINTETRO não aceitamos em momento algum a retirada de direitos, principalmente do Plano de Saúde e do Ticket Alimentação. Outra exigência para o retorno das atividades, é que os empresários cumpram com o Protocolo de Segurança, que inclui: Máscaras, Alcool em Gel, Tela de Película ao lado dos Motoristas e a frente dos Cobradores. Não arriscaremos nossas vidas, temos nossas famílias a nos esperar e precisamos garantir a proteção e cuidados devidos, sem essas providências não há acordo, a greve continua!

Estamos enfrentando muitos desafios, e um deles é a luta pela vida, temos companheiros que tiveram suas vidas ceifadas por esse vírus que não avisa quando vai bater a porta, portanto, a luta continua.

Que fique claro que o Sintetro não tomará nenhuma decisão sem dialogar com a categoria que é a base desse sindicato. As redes sociais muitas vezes são utilizadas de forma precipitada e equivocada, por isso diante de qualquer dúvida, nos procure que estamos a disposição de todos os trabalhadores para todo e qualquer esclarecimento.

Só retornaremos as atividades  sob a garantia dos benéficios do Plano de Saúde, e Tickets.

Com relação a proposta  do Ministério Público:

Quem decide  pelo fim da greve são os trabalhadores e as trabalhadoras, o SINTETRO acatará o que eles determinarem. Estamos convocando a toda a categoria para uma Assembleia Geral Ordinária a ser realizada no Dia 06 de Julho de 2020, no Clube dos Rodoviáriosm em um único turno: Manhã: 8:00h em Primeira Convocação, e as 09:00h em Segunda e Última Convocação.

Somos solidários aos (as) trabalhadores (as) que fazem a linha de frente que são considerados serviços essenciais, que estão se dirigindo aos seus postos de trabalho sem poder usufruir do transporte nesse momento, nossa solidariedade a esses(as) profissionais e a toda a sociedade.

Unidos somos mais fortes. Um abraço a todos.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar