Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Serviços terão restrição de dia e horário na volta em Teresina; veja!

Coordenador do Comitê Gestor de Enfrentamento à Covid-19, Washigton Bonfim, apresentou os decretos em coletiva de imprensa

Compartilhe

Para evitar aglomerações, principalmente no horário de pico, o decreto que disciplina a retomada econômica em Teresina, assinado pelo prefeito Firmino Filho (PSDB) estabelece vedações no funcionamento dos serviços não essenciais autorizados a partir de segunda-feira, 06 de julho, sendo disciplinado um turno único e dias específicos para a abertura.

O documento foi destrinchado em videoconferência com o coordenador do Comitê Gestor de Enfrentamento à Covid-19, Washington  Bonfim, apontando que o funcionamento dos setores do varejo autorizados a funcionar deve ser feito através do sistema de delivery ou drive-thru. Não será permitida a entrada de clientes nos estabelecimentos. Além disso, o comércio de peças e acessórios para veículos e motocicletas poderá abrir a partir do dia 13 (às segundas, terças, quartas e quintas-feiras, das 9h às 15h. Já o comércio varejista e atacadista de materiais de construção estará autorizado a fazer a entrega de produtos aos compradores no período das 8h30 às 14h30, podendo abrir  de segunda à quinta-feira. No caso das atividades da construção civil, as obras poderão ser retomadas de terça à quinta-feira.


Coordenador do Comitê Gestor de Enfrentamento à Covid-19, Washigton Bonfim, apresentou os decretos em coletiva de imprensa

“Nessa primeira fase as empresas terão que funcionar às segundas, terças, quartas e quintas num turno único, no caso das empresas de peças e acessórios esse turno é de 9h às 15h; no caso das empresas de comércio varejistas de material de  construção de 8h30 às 14h30; estamos movendo as atividades para  diluir o horário de pico e ter  menos aglomeração no horário de pico”, explicou Bonfim.

Bonfim reiterou que os estabelecimentos terão que seguir uma série de regras, que visam a segurança sanitária tanto de colaboradores quanto de clientes. A observância de tais itens será imprescindível para as fases subsequentes de liberação.

“As obras vão ter seu funcionamento inicial no dia 07, pois vão funcionar só 3 dias por semana nas próximas duas semanas. Nós deveremos manter ainda nos finais de semana de julho: 10,11, 12 e mais adiante os dias que antecedem o dia 20. É importante frisar desse funcionamento semanal reduzido, outro aspecto importante é a questão das regras, dos requisitos para aberturas dessas empresas, estamos acompanhando o decreto estadual 19.040 e isto prevê que todos os estabelecimentos tem que ter um plano de contenção e esse plano tem que ser conhecido por todos do estabelecimento”, destacou.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar