Na semana de 06 a 12 de novembro de 2022, Teresina apresentou um aumento de 288% nos casos confirmados de covid-19. Os dados são do último boletim do Centro de Operações Emergenciais (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), que faz um alerta para os cuidados com a doença.

Segundo o relatório, Teresina apresentou um aumento de 32% no registro de síndromes gripais. Apesar disso, neste período, foram registradas apenas duas internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e nenhum óbito na capital.

Ainda na semana de 6 a 12 de novembro, a demanda por testes do tipo RT-PCR aumentou 15%, com uma positividade de 3,5%. No entanto, mesmo com o aumento da positividade de testes o nível de transmissão (CDC) continua em faixa verde, ou seja, baixo.

Teresina apresenta aumento no número de casos confirmados de covid-19 - Foto: ReproduçãoTeresina apresenta aumento no número de casos confirmados de covid-19 - Foto: Reprodução

Diante desta situação, o presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, alerta a população para que tomem todas as doses da vacina contra a covid-19. "Devemos continuar vacinando as pessoas que ainda não tem o esquema vacinal completo. Apesar de já termos mais de 98% da população adulta vacinada com primeira e segunda dose, ainda vemos muitas pessoas que não retornaram para receber a terceira e quarta dose”, diz o gestor.

Gilberto Albuquerque alerta ainda para a imunização de crianças pequenas. Teresina iniciou hoje (16) a vacinação dos bebês de 6 meses a menores de três anos com comorbidades, porém foi constatada uma baixa procura no primeiro dia. “Para garantir a vacina, basta acessar o site da FMS. Por isso pedimos que todos os pais com filhos neste grupo façam o agendamento”, reforça.