Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Unidos pela Vacina: Piauí já tem mais de 90% do estado mapeado

A ação faz parte da campanha de conscientização “Unidos pela Vacina”, que envolve empresários, profissionais liberais e líderes sociais com o objetivo de ver toda a população brasileira imunizada até setembro de 2021.

Dos 224 municípios piauienses, 205 já responderam a pesquisa municipal para informar o que a prefeitura precisa para vacinar a população da sua cidade contra a Covid-19.  A ação faz parte da campanha de conscientização “Unidos pela Vacina”, que envolve empresários, profissionais liberais e líderes sociais com o objetivo de ver toda a população brasileira imunizada até setembro de 2021. A pesquisa direcionada aos municípios ajuda a conferir se os equipamentos de conservação funcionam, se o imunizante está chegando aos locais e que tipos de apoio às prefeituras precisam.

“Iniciamos as conversas com as prefeituras e secretarias de saúde no começo desta semana. Pouco menos de 5 dias já temos mais de 90% do estado mapeado.  Estamos muito felizes com a adesão dos municípios para um diagnóstico preciso das necessidades. Nosso próximo passo será conseguir o apoio de empresas e indivíduos que queiram contribuir e apoiar de forma direta no suprimento destas necessidades”, afirma Lívia Guimarães, uma das representantes do movimento no estado.

Foto: DivulgaçãO/ FMSFoto: DivulgaçãO/ FMS

Nos primeiros dias de campanha no Piauí é possível perceber a confiança em relação à vacinação e o empenho da sociedade, que segue oferecendo auxílio ao projeto. O otimismo do projeto está em mobilizar o Brasil para chegar ao maior número de pessoas vacinadas possível. A meta colocada para setembro tem o caráter de gerar um senso de urgência na população. 

Objetivo é imunizar a população de forma mais rápida

Para auxiliar na disseminação da campanha, as pessoas podem fazer vídeos e publicar nas redes sociais.  Luiza Trajano, líder do movimento e presidente do conselho de administração do Magazine Luiza, destacou na divulgação da campanha que o grupo respeita aqueles que, por algum motivo pessoal, não queiram tomar a vacina, mas ressaltou que esse tipo de vírus só é controlado quando cerca de 80% da população está imunizada.

Por meio do grupo “Mulheres do Brasil”, foram reunidos em torno de 400 empresários e entidades que pretendem ajudar a destravar eventuais gargalos de logística e infraestrutura para dinamizar a disponibilidade de imunizantes, assim que as doses forem liberadas pelo governo federal, à população dos municípios piauienses. O projeto não tem como objetivo a compra de lotes de vacinas, já que essa prerrogativa é do Ministério da Saúde, mas sim imunizar a população brasileira contra a Covid-19 de forma mais rápida. 

Nesse sentido, a administração pública e o setor privado vão trabalhar juntos para encontrar soluções e métodos mais eficazes na distribuição da vacina. A atuação do grupo vai desde a possibilidade de custear transporte para a chegada mais célere das vacinas até a reestruturação de salas de vacinação no município. Em outra frente, o projeto colocaria veículos à disposição das equipes volantes da prefeitura, como também a viabilização de locais com estrutura para uma vacinação nos moldes drive-thru.




Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push
<