Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Vacina: Anvisa vai deliberar sobre uso emergencial em até 10 dias

Agência disse que não terá folga de Natal e Ano Novo

Compartilhe

Em informativo divulgado nesta segunda-feira (14), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária informou até agora que não recebeu nenhum pedido emergencial de validação da vacina, e que o prazo para a liberação deve ser de até 10 dias. Os servidores da Anvisa devem trabalhar durante as festas de Natal e Ano Novo.

O anúncio ocorre no mesmo período em que Dória, Governador de São Paulo, voltou atrás ao pedir análise emergencial para a vacina, optando por aguardar até o dia 23 de dezembro. O mesmo pedido deve ser feito à National Medical Products Administration (NMPA), instituição chinesa responsável pela regulação de medicamentos com origem no país.

O que diz a nota:

"Se todo os documentos necessários tiverem sido submetidos à Anvisa pelos fabricantes da vacina, a Anvisa estima que o prazo de até 10 (dez) dias para concluir a avaliação quanto à autorização de uso emergencial, desde que sejam vacinas das empresas que venham apresentando dados para Anvisa e possuem ensaios clínicos em condução no Brasil".

O prazo de dez dias apontado pela Anvisa não tem valor sobre a as 72h previstas na chamada Lei Covid, que indica que a Agência precisa se manifestar neste prazo em caso de registro em uma das quatro agências de referência internacional. Em caso de pedido definitivo, são 60 dias, como já citado por representantes do governo.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar