Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Wellington Dias vetará retomada nas regiões com 80% de leitos ocupados

O governador destacou que as oito regionais de saúde terão um mapa de risco, e caso haja por exemplo, uma grande demanda por leitos, a flexibilização não avançará .

Compartilhe

Diante do planejamento direcionado para a retomada no Piauí, que prevê a flexibilização de algumas atividades do comércio já neste mês, o governador Wellington Dias (PT) afirmou em videoconferência nesta quinta-feira, 09 de julho, que será disponibilizado um mapa semanalmente das oito regionais de saúde, classificadas como médio, baixo e alto risco. Nisto, há o entendimento que caso alguma região alcance 80% da ocupação dos leitos não haverá avanço na retomada, com a possibilidade de ocorrer um retrocesso na  flexibilização das atividades não essenciais.

“Agora a partir do dia 20, estamos num esforço para garantir o controle de transmissibilidade, onde começa uma nova etapa, e a cada quinze dias em etapas suscetíveis, para até setembro termos o novo normal. Vamos divulgar semanalmente o mapa de risco de cada uma das oito regiões de saúde, e onde tiver ocupação de 80% para cima, ali tem alto risco e não há reabertura; temos uma preocupação com o econômico, geração de emprego e renda”, afirmou.

LEIA MAIS:  Wellington Dias anuncia R$ 311 milhões para novas obras na saúde

Governador fala sobre veto de retomada de regiões com 80% de leitos ocupados 

Wellington Dias destacou o esforço do Poder Executivo para reduzir ainda mais a taxa de transmissibilidade, que está abaixo de 1, de modo que haja uma eficiência ainda maior no isolamento para que a retomada não retroceda, e vidas sejam poupadas.

“Estamos para a apresentação de uma nova etapa do Pro Piauí 2, tivemos o 1 focado na retomada, no Pacto entendimento para a retomada organizada com o foco na área epidemiológica, com o controle, protocolos, organização da capacidade de atendimento, a integração dos municípios, destaco ainda o momento em que possamos ter queda da transmissibilidade, e torcemos também para uma queda no índice de óbitos e declínio na ocupação de leitos de terapia intensiva”, afirmou.

O secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, elogiou as medidas adotadas pelo Governo até aqui, sinalizando que o isolamento mais rígido e a retomada gradual e segura, é a melhor estratégia para minimizar as perdas econômicas.

“Eu que analiso a parte econômica sei que para a economia também foi  importante esta decisão. Para economia esse isolamento feito de forma rigorosa, e a retomada gradual e segura é o melhor para a economia”, disse.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar