Depois que o pescador cearense Francisco Mauro da Costa Albuquerque, de 24 anos, foi picado por um peixe-leão fora de aquários no Brasil, especialistas brasileiros demonstram preocupação e acendem sinal de alerta. Nesse caso, em particular, a vítima foi hospitalizada por duas vezes após pisar no animal.

Francisco chegou a ser atingido por sete dos 18 espinhos do peixe-leão e, segundo ele, a dor que sentia atingia a perna, acompanhada três dias depois por febre e convulsões. Felizmente, após ser atendido urgentemente, o pescador se recupera do sustos e já se encontra em casa.

Peixe-leão é extremamente perigoso e especialistas alertam para os riscos. (Foto: Pixabay)Peixe-leão é extremamente perigoso e especialistas alertam para os riscos. (Foto: Pixabay)

Diante do caso relatado, o professor Marcelo Soares, do Labomar (Instituto de Ciências do Mar) da UFC (Universidade Federal do Ceará), acredita que a quantidade de veneno do animal no pescador deve ter sido bem maior do que normalmente se tem registro.

Conforme esclarece a organização não governamental estadunidense NCPC (National Capital Poison Center), nos casos de envenenamentos através da picada de peixe-leão, as vítimas apresentam sintomas em poucos minutos, cujos sintomas são: inchaço, sudorese, fraqueza muscular e sensação de formigamento, sensibilidade, pele quente prõxima ao redor do local da picada, bem como vermelhidão

Vale ressaltar a necessidade de certificar-se de que a vítima esteja com a vacinação contra tétano em dia.

A mesma espécie deste peixe foi encontrado por um pescador na manhã de quinta-feira (28), no mês de abril, na praia de Barra Grande, município de Cajueiro da Praia, no litoral do Piauí.  

Espécie também foi encontrada por pescador no litoral do Piauí. (Foto: Reprodução - WhatsApp)Espécie também foi encontrada por pescador no litoral do Piauí. (Foto: Reprodução - WhatsApp)

Em um vídeo, o pescador relata que por volta das 10 horas da manhã, foi fazer um mergulho para pegar peixes e fazer imagens, quando encontrou a espécie. O peixe-leão já foi capturado no litoral do Ceará e do Piauí, inclusive nas unidades de conservação do Parque Nacional de Jericoacoara e do Delta do Parnaíba.






Ver esta publicação no Instagram










Uma publicação partilhada por Grupo Meio Norte Comunicação (@meionorte)