Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Americana fica noiva de assassino de duas pessoas: "entendo os riscos"

Ernest Otto Smith está cumprindo prisão perpétua por ter matado duas pessoas em uma semana.

Compartilhe

Tracy Bottomley, de 42 anos, vai se casar com Ernest Otto Smith, de 53, que está cumprindo prisão perpétua por ter matado duas pessoas em uma semana. As informações são do jornal Extra.

Divorciada e sem filho, a moradora de Youngstown (Ohio, EUA), admitiu, segundo o "Manchester Evening News", que o futuro marido matou "algumas pessoas" e afirmou que "entende os riscos" do relacionamento.

Em 2 de janeiro de 2005, Ernest matou James Dillingham, em Toledo (Ohio, EUA). Cinco dias depois, ele assassinou a própria companheira, Cathy Barnett, quando estava fugindo da polícia no Kentucky. Neste crime, Ernest golpeou a vítima até a morte com um tronco de árvore.

Americana fica noiva de assassino de duas pessoas: "entendo os riscos"

"Ernest não me assusta. Eu nunca fui uma pessoa que se assusta facilmente. Ele cometeu alguns assassinatos, mas entendo os riscos do que pode acontecer e ainda o amo", comentou a americana.

Tracy, que está desempregada, acrescentou:

"A princípio, tive uma leve intuição de que essas coisas poderiam acontecer comigo. Ele matou essas outras pessoas. Com o passar do tempo, começamos a nos aproximar e confiar mais um no outro para nos sentirmos seguros."

Ernest, que cumpre a pena na penitenciária de Youngstown, pediu a mão de Tracy em casamento por meio de uma mensagem de voz:

"Por favor, você tem que descobrir uma maneira de me casar com você. É difícil. Você me faz uma pessoa muito feliz, mais feliz do que fui em muitos anos. Você é louca como eu, então deveríamos nos casar. O que você acha?".

Ela disse "sim". A conta dela no Facebook já incorporou até o sobrenome Smith, do futuro marido. Segundo Tracy, o amado cometeu os crimes por causa de um histórico de depressão e ansiedade em decorrência de uma infância turbulenta.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar