Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Animais de estimação ajudam no desenvolvimento das crianças

Benefícios incluem senso de responsabilidade, autoestima, respeito ao próximo e habilidades sociais, entre outros

Animais de estimação ajudam no desenvolvimento das crianças
Animal | Divulgação Petz.com.br
Compartilhe

Divulgação Petz.com.br


A experiência dos médicos-veterinários que atendem em clínicas, cada vez mais reforçada por pesquisas científicas, mostra que o contato de crianças com animais de estimação contribui para que elas tenham uma vida mais saudável e plena. Para Alexandre Merlo, Gerente Técnico e de Pesquisa Aplicada para Animais de Companhia da Zoetis, isso parece ser ainda mais importante durante o período atual de pandemia que oferece poucas opções para entreter os pequenos.

"Crianças com bichos de estimação aprendem desde muito cedo a cuidar deles - dar comida, água, recolher o cocô, o que contribui para o senso de responsabilidade. E os animais interagem com os seus tutores de uma maneira sincera e constante, contribuindo para amenizar a ansiedade e cultivar a autoestima", comenta o profissional.

Mas a médica-veterinária comportamentalista da clínica Psicovet, Daniela Ramos, destaca que os benefícios que as crianças possam ter pela convivência com esses amigos de quatro patas dependem da orientação e monitoramento dos adultos, pois elas não são os principais cuidadores. "Os pais precisam não apenas gostar e querer um cão ou gato na família, mas também se planejar para isso de forma a apoiar nos cuidados necessários", diz.

Pontuando alguns dos benefícios já observados em pesquisas internacionais, ela destaca que o senso de responsabilidade e rotina se desenvolve à medida que a criança vai crescendo e se envolvendo mais no trato com os mascotes, alimentando, escovando, brincando e levando para passear.

O respeito ao próximo também pode ser impulsionado em relação aos limites na interação do dia-a-dia, com as crianças aprendendo a pegar o gato no colo com cuidado e a dar espaço para o cachorro comer tranquilamente, por exemplo. E quanto às habilidades sociais, os animais de estimação são verdadeiros facilitadores, criando mais oportunidades de interações sociais a seus tutores, tanto adultos quanto crianças.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar