Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Após 10 anos, baú de tesouro escondido na América é encontrado

Cinco aventureiros já perderam a vida procurando pela relíquia, que estava cheia de ouro, rubis e diamantes

Compartilhe

Há uma década, um baú de tesouro valendo 1 milhão de dólares foi escondido nas Montanhas Rochosas, na América do Norte, pelo excêntrico escritor e comerciante de arte Forrest Fenn. Desde então, a procura pelo prêmio reuniu milhares de caçadores corajosos. Agora, um sortudo finalmente encontrou a preciosidade. As informações são do UOL.

O anúncio da descoberta foi feito no último domingo, 7, pelo próprio Fenn, hoje com 89 anos, em seu website. Segundo o autor de livros, o homem que encontrou o baú seguiu pistas fornecidas em um poema.

A poesia estava presente em uma das obras do escritor, que não conhecia o indivíduo pessoalmente. O livro com a localização do tesouro era a própria autobiografia de Forrest Fenn, chamada The Thrill of the Chase, publicada justamente no ano em que a caça começou. 

Comerciante de artes desvendou o tesouro. Reprodução Youtube

Quando foi encontrado, o baú estava intocado, inerte exatamente no local deixado por Fenn em 2010. "Estava sob um dossel de estrelas na exuberante vegetação florestal das Montanhas Rochosas e não havia se mudado do local onde eu a escondi há mais de dez anos", ele escreveu, no anúncio. 

A história do baú 

Forrest Fenn conduzia uma galeria de arte muito bem-sucedida em Santa Fe, Novo México. Em 1988, ele foi diagnosticado com câncer, e teve a ideia de montar a caixa de tesouro. Mais tarde, ao jornal Santa Fe New Mexican, ele afirmou que aquele era também um modo de inspirar as pessoas a explorar a natureza e dar esperança àquelas afetadas pela recessão econômica.

Após anos, cinco pessoas perderam a vida na busca pela caixa. Reprodução/Youtube

A busca incansável pela fortuna, no entanto, não envolveu só esperança, mas também muita tragédia. Um total de 5 pessoas morreram em busca do baú. Dois dos óbitos ocorreram em 2017 - foram eles os do Pastor Paris Wallace e do caçador de tesouros de 31 anos, Eric Ashby. Os cadáveres de ambos foram achados em locais diferentes, após eles irem procurar o tesouro de Fenn.

O comerciante de arte estimou que cerca de 350 mil pessoas do mundo todo tenham se aventurado nessa busca possivelmente perigosa. Alguns deixaram o emprego para dedicar totalmente suas vidas à caça. "Parabenizo as milhares de pessoas que participaram da busca e espero que continuem sendo atraídas pela promessa de outras descobertas", disse Fenn, em seu site. 


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar