Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

As coisas que provam que a autoconfiança é forjada

Algumas pessoas gostam de forjar que são bem autoconfiantes

As coisas que provam que a autoconfiança é forjada
As coisas que provam que a autoconfiança é forjada | Reprodução
Compartilhe

Algumas pessoas gostam de forjar que são bem autoconfiantes. Uma maneira de descobrir se essas pessoas estão se enganando é conferindo o nosso post:

1. Pensar que falhar está fora de questão

Dizer que “falhar está fora de cogitação” não evita que algo dê errado, mas faz com que a pessoa desista de tentar realizar determinada tarefa, o que é uma bela forma de sabotar a si mesmo. É preciso aprender a ver erros e fracassos como aprendizagem, mudar de estratégia e tentar ter sucesso de novo.

2. Esconder emoções

Expressar apenas raiva e esconder sentimentos como tristeza, medo e empolgação é um péssimo negócio. Para quem faz isso, o conselho é, aos poucos, admitir os próprios sentimentos e não ter medo, por exemplo, de derrubar algumas lágrimas de vez em quando. Em vez de ignorar emoções, canalize energias para monitorar emoções e perceber como elas afetam seus pensamentos e suas atitudes.

3. Sensação de poder

Agir como se você pudesse fazer tudo e dizer sentenças como “nada vai me parar” é típico de quem subestima o trabalho necessário para se alcançar determinado objetivo e tem uma visão aumentada a respeito das próprias capacidades. O ideal é se manter preparado para possíveis mudanças e ter noção das próprias capacidades e dos possíveis obstáculos que podem surgir no caminho.

4. Buscar controlar outras pessoas

Quem age de maneira durona demais tende a achar que tem poder sobre outras pessoas e acaba querendo tê-las sob controle. O ideal é tentar ter autocontrole, filtrando os próprios pensamentos e compreendendo as próprias emoções. Buscar controlar outras pessoas é totalmente inútil, especialmente em termos de inteligência emocional.

5. Negar a própria dor

Não há motivos de se vangloriar de ser capaz de suportar muita dor – ainda mais se esse não for o caso. Esse tipo de comportamento indica que a pessoa trata o próprio corpo como uma máquina ou que é incapaz de admitir quando as coisas não vão bem, buscando sempre enxergar o esforço que faz para esconder a dor como uma grande honra. Fundamental aqui é aprender a não fazer esse tipo de sacrifício para impressionar as outras pessoas.

6. Dar valor a si mesmo com base naquilo que os outros pensam

Quem age de maneira dura demais tende a se preocupar muito com a aparência e a opinião alheia. Pessoas realmente fortes mentalmente não se preocupam em provar nada para ninguém além delas mesmas, o que significa que pedem ajuda, mostram suas fraquezas e não se comparam com ninguém. São indivíduos que se preocupam apenas em crescer.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar