Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Biólogos encontram 100 kg de plástico em estômago de baleia morta

Os especialistas da SMASS ainda explicaram que o animal estava em boas condições quando encalhou na praia

Compartilhe
Google Whatsapp

Uma baleia cachalote foi encontrada morta com 100 quilos de lixo em seu estômago na última semana na costa da Escócia. A informação foi dada em um post do Facebook pela Scottish Marine Animal Strandings Scheme (SMASS), que analisou o animal, constatando que ele havia ingerido diversas redes de pesca, cordas, sacos plásticos e outros resíduos de lixo que estavam no mar. A notícia está no site Mega Curioso.

Os especialistas da SMASS ainda explicaram que o animal estava em boas condições quando encalhou na praia. O que o prejudicou sua qualidade de vida, no entanto, foi a quantidade de lixo contido em seu estômago, podendo ter causado obstruções em seu intestino, ou problemas de digestão.

SMASS/Reprodução 

"Essa quantidade de plástico no estômago é horrível, deve ter comprometido a digestão e serve para demonstrar, mais uma vez, os perigos que o lixo marinho e a pesca podem causar à vida marinha", escreveu a SMASS em sua publicação.

Os biólogos da SMASS ainda alertaram que as cachalotes estão bastante vulneráveis à extinção, o que torna os incidentes como este na costa da Escócia, ainda mais grave. "Foi extremamente triste, especialmente quando as redes de pesca e os detritos saíam do estômago dela", declarou Dan Parry, morador na praia vizinha de Luskentyre, local do encalhamento.

Os biólogos ainda acreditam que os resíduos tenham vindo tanto da superfície quanto da indústria pesqueira. Os cuidados do animal ficaram com as equipes da Guarda Costeira e do Western Isles Council, administradoras das ilhas ocidentais da Escócia. Elas auxiliaram em seu exame e ainda cavaram um buraco gigante na praia para enterrarem o animal.

O caso da cachalote traz o alerta sobre os perigos do lixo vindos da superfície e da indústria da pesca, porque eles podem prejudicar bastante a vida marinha. Além do fato que pode ocasionar o aumento dos encalhamentos de animais marinhos com estes detritos em seus estômagos.

A SMASS ainda alerta que os dados sobre encalhes de baleias e golfinhos nas costas da Escócia estão aumentando significativamente. Em 2018 foram constatados mais de 930 casos, comparados com apenas 204 registros em 2009.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se