Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Cachorro sofre ataque de jacaré e é salvo por idoso de 74 anos

Durante uma de suas caminhadas, Wilbanks ouviu Gunner chorando e, em seguida, viu o filhote sendo agarrado e levado por um jacaré.

Compartilhe

Um idoso vem recebendo elogios por sua atitude heroica ao pular em um lago para salvar seu cachorro do ataque de um jacaré. Richards Wilbanks, um aposentado de 74 anos, passeava com Gunner, um Cavalier King Charles Spaniel de 3 meses, quando foi surpreendido pelo réptil. O caso aconteceu na região de Estero, na Flórida, Estados Unidos, e foi gravado por câmeras instaladas para documentar a vida animal no local. As informações são do Mega Curioso.

Durante uma de suas caminhadas, Wilbanks ouviu Gunner chorando e, em seguida, viu o filhote sendo agarrado e levado por um jacaré de cerca de 60 cm para dentro da água. “Nós estávamos caminhando perto do lago e ele saiu da água como um míssil. Eu nunca pensei que ele pudesse ser tão ágil. Foi tudo muito rápido”, contou o idoso em entrevista à CNN.

Cachorro é atacado por jacaré e é salvo por idoso de 74 anos 

Instintivamente, Richards pulou na água e lutou contra o crocodiliano. Segundo ele, segurá-lo não foi tão difícil. O problema foi ter que abrir a boca do animal e, assim, libertar Gunner. O episódio durou poucos segundos, mas foi o suficiente para que sua mão fosse “mastigada”. Wilbanks precisou tomar uma vacina antitetânica. Já Gunner sofreu apenas pequenos cortes e, após visita ao veterinário, passa bem.

Câmeras capturaram o ocorrido

O resgate de Gunner foi capturado por câmeras instaladas no local. Os equipamentos fazem parte de um programa chamado “Share the Landscape”, criado pela organização Florida Wildlife Federation em parceria com a fStop Foundation, onde os moradores de áreas próximas a habitats selvagens permitem a colocação das câmeras para documentar a vida animal.


Richards não quer que o réptil seja removido. “Os animais são parte da natureza e parte das nossas vidas”, enfatizou. O aposentado continua levando Gunner para passear, mas agora mantém o filhote preso na coleira e longe das margens do lago. “Nossos animais são como família para nós”, afirmou Wilbanks.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar