Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Casal captura 10 escorpiões no quintal de casa

Acidentes com o bicho aumentam no período do verão

Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

Um levantamento feito pela Secretaria Estadual de Saúde mostra que na regional de Araraquara, que compreende 24 cidades, 1.554 pessoas foram picadas por escorpião em 2019, o que representa um aumento de 10,5% em relação a 2018. As informações são do Cidade On.

Crédito: reprodução

O número é superior à media do estado que teve um aumento de 5,5%. No total, 32,6 mil pessoas foram picadas em todo estado.

10 escorpiões em 1 dia

Os relatos de capturas de escorpião são comuns em Araraquara. O analista de suporte Deivid Edson achou 10 em apenas um dia no quintal da sua casa em Araraquara.

A maioria filhotes com menos de 5 centímetros. A quantidade assustou a ele e a esposa Jessica Graziele de Abreu Coelho, que está grávida.

"Me deixou preocupada porque pode entrar em casa e sabe se lá o que pode acontecer", afirmou Jessica .

Acidentes aumentam no verão

De acordo com o biólogo do Centro de Tratamento Regional de Acidente por Animais Peçonhentos de Araraquara (Centrap), Israel Aparecido Joaquim, os acidentes com escorpiões costumam a aumentar no verão que é quente e chuvoso e época de reprodução.

"Os escorpiões mais comuns na região são o marrom, na zona rural, e o amarelo, na urbana, que é o que causa mais acidente", afirmou.

Orientações

Em casos de acidentes por animais peçonhentos, como os escorpiões, a população deve procurar o serviço de saúde mais próximo. Em Araraquara há soro antiescorpiônico na UPA da Vila Xavier. 

"Deve-se procurar atendimento o mais rapidamente possível, principalmente crianças, idosos e pessoas com problemas cardíacos e hipertensos. Se não conseguir capturar o inseto é bom tirar uma foto para ajudar na identificação", orientou Joaquim.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Siga-nos

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar