mais

Chineses compraram 10% da Bahia para construir cidade inteligente; detalhes

Chineses vão construir ponte Salvador-Itaparica e teriam projeto de cidade tecnológica e sustentável

Postagens em redes sociais trazem a informação de que o governo da Bahia teria vendido 10% do território do estado para grupos chineses, onde estes iriam construir uma "cidade inteligente". Segundo as postagens, o Supremo Tribunal Federal(STF) já teria autorizado o desmatamento da área para início do projeto.

De acordo com as publicações, "será uma cidade com edifícios de até 30 andares em um ambiente em que o esgoto é 100% coletado e tratado" e "a energia será eólica e solar". Um tuíte com estas informações foi compartilhado mais de 700 vezes e recebeu mais de 1.500 curtidas. A publicação pode ser encontrada também em mensagens de grupos do Telegram e no GETTR, nova rede social, criada por um ex-assessor de Donald Trump.

Algumas das postagens trazem atalho para nota de um portal de notícias. A nota trata do mesmo assunto, mas com informações um pouco diferentes. A construção da cidade, segundo a nota, seria um "projeto em fase embrionária".

Ali, no entanto, há detalhes mais específicos. A cidade inteligente seria construída no município de Jaguaripe, que fica a 239km da capital baiana, Salvador. O projeto estaria relacionado à construção de uma ponte que deve ligar Salvador à ilha de Itaparica, facilitando também o acesso a Jaguaripe, que fica próximo de Itaparica.

Consultada, a Secretaria de Infraestrutura da Bahia(Seinfra) confirmou que existe o projeto de uma ligação rodoviária entre Salvador e Itaparica, que inclui a ponte. O contrato de concessão do projeto foi assinado em 2020, com um grupo de empresas chinesas: China Railway 20 Bureau Group Corporation - CR20; CCCC South America Regional Company S.Á.R.L e China Communications Construction Company Limited – CCCCLTD. O valor do investimento é de sete bilhões de reais.

Sobre o projeto de uma cidade inteligente, construída pelos chineses, a Secretaria de Planejamento da Bahia(Seplan) afirmou que existem estudos técnicos sendo realizados para o desenvolvimento de uma cidade inteligente. Mas nega que já tenham sido definidos os investidores do projeto. Portanto, nega a participação chinesa. Segundo o governo da Bahia, os terrenos citados nem são de propriedado do Estado.

Já a Prefeitura de Jaguaripe, que seria a sede da "cidade inteligente", informou que o município não tem controle sobre as terras compradas, porém uma cidade inteligente faz parte dos planos do atual prefeito, Heráclito Arandas (PSD), para incentivar o crescimento local. Mas ainda não há nenhum projeto em andamento.

Praia de Jaguaripe seria parte dos 10% comprados pelos chineses. (Foto: Reprodução - Instagram)Praia de Jaguaripe seria parte dos 10% comprados pelos chineses. (Foto: Reprodução - Instagram)

Ao contrário das postagens, algumas notas na imprensa baiana afirmam que as terras vendidas aos chineses pertenceriam ao banqueiro Daniel Dantas. Em nota ao MonitoR7, a assessoria do Banco Opportunity, fundado por Dantas, afirma que a informação não procede: 

"As terras pertencentes ao Opportunity na Bahia não estão à venda e não foram vendidas a investidores chineses".

Portanto, são verdadeiras as informações de que há projetos para desenvolvimento de uma cidade inteligente naquela região da Bahia, confirmados pelo Governo do Estado e pela Prefeitura de Jaguaripe. Mas os projetos estão em fase inicial e não tem participação chinesa. E se estão em fase inicial, é falsa também a informação de que o STF teria autorizado o desmatamento da área.

Empresas chinesas, no entanto, são responsáveis por um projeto de infraestrutura que pode viabilizar a cidade inteligente no futuro, ao ligar a região à capital do Estado, por rodovia, incluindo uma ponte. Um projeto de R$ 7 bilhões.


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail