mais

Cidade no Irã tem aumento de casos de fratura no pênis; saiba o motivo

Os homens que sofrem uma fratura sempre relatam ouvir um “estalo” (seguido de um grito de dor, evidentemente), o mesmo som que ocorre quando algo é quebrado.

Apesar de soar estranho, o termo “fratura” para o pênis está correto e infelizmente ocorre em diversas situações. Curiosamente, a quantidade de homens hospitalizados em uma cidade do Irã aumentou por culpa de uma prática pouco conhecida no Brasil.

O pênis humano não possuir ossos (diferentemente dos cachorros, gatos e chimpanzés), o termo fratura é usado para designar à ruptura da chamada túnica albugínea — uma espécie de “cápsula” de tecido conjuntivo denso — que cobre o tecido esponjoso erétil do pênis, os chamados corpos cavernosos.

Os homens que sofrem uma fratura sempre relatam ouvir um “estalo” (seguido de um grito de dor, evidentemente), o mesmo som que ocorre quando algo é quebrado. O pênis pode ficar inchado e ter hematomas, deixando a região genital com coloração roxa.

Fratura no pênis é avaliada por especialistas. (Foto: Reprodução)Fratura no pênis é avaliada por especialistas. (Foto: Reprodução)

Os médicos às vezes se referem a essa aparência roxa como o “sinal da berinjela”, pois o pênis ganha uma semelhança de coloração muito parecida com a fruta — sim, berinjela é uma fruta, para a surpresa de muitos.

Estima-seque a fratura afete 1 a cada 175.000 homens por ano. A lesão é considerada rara, mas este não parece ser o caso de uma região do Irã, onde o número que registros é maior do que a média mundial.

Entre abril de 1990 e outubro de 1999, um médico que trabalhava em Kermanshah, uma cidade na região curda do Irã, documentou 172 casos de fraturas penianas, conforme relatado em um estudo de caso no Journal of Urology.

O que poderia explicar essa explosão improvável de fraturas no pênis nesta cidade comparada com a média mundial?

Em outras partes do mundo, a maioria das fraturas ocorre durante o ato sexual. Um estudo brasileiro de 2014 descobriu que a posição de maior risco para os homens é quando a parceira está “por cima”. Esta posição é responsável por 50% dos acidentes.

O hábito comportamental ocorre em algumas culturas para suprimir o desejo sexual, já que o pênis ereto pode significar desrespeito em determinadas situações sociais ou ir contra crenças religiosas. Infelizmente, por questões de falta de educação sexual escolar ou cultural, em muitos países ocorrem fraturas penianas devido ao taghaandan.

As fraturas penianas são, sem dúvida, uma experiência desagradável, mas são relativamente fáceis de tratar com cirurgia para reparar o tecido peniano rasgado. No entanto, é importante agir rápido.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail