Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Como fazer a transição capilar de forma mais saudável

Ficar atenta às necessidades do cabelo e escolher o produto adequado para cada fase, faz toda a diferença

Compartilhe

Como fazer a transição capilar de forma mais saudável

Felizmente os cachos nunca tiveram tão em alta. Há alguns anos, a transição capilar vem ganhando força e, com a quarentena, esse movimento cresceu ainda mais. Muitas mulheres aproveitaram que estão mais tempo em casa para assumirem a forma natural dos seus cabelos. Mas, sabemos que se livrar dos processos químicos de alisamento não é algo tão simples e requer muito cuidado com os fios e paciência, principalmente na fase em que a raiz e o comprimento apresentam texturas diferentes.

Cortar as madeixas para que elas cresçam de forma natural têm sido uma das opções utilizadas mas, a maioria, prefere a transição propriamente dita. Nesses casos, lidar com a questão estética é sempre um grande desafio. Levando em consideração que a média de crescimento dos fios é de 1 cm por mês, dependendo do comprimento do cabelo, o processo pode levar alguns anos. Por isso, cuidar da saúde dos fios durante essa mudança, é fundamental para prolongar ainda mais esse processo.

Ao longo da transição, os fios passam por algumas fases e precisam de tratamentos diferenciados, como hidratação, reconstrução e nutrição. Ficar atenta às necessidades do cabelo e escolher o produto adequado para cada fase, faz toda a diferença. A oferta de produtos específicos para cabelos cacheados e crespos está cada vez maior mas, antes de investir seu dinheiro em kits que prometem milagres, vale conversar com seu cabeleireiro de confiança e pesquisar muito sobre os componentes de cada produto.

"Como os fios já vêm de um longo período de processos químicos, optar por produtos que priorizem ingredientes naturais é o melhor caminho. Quanto menos componentes que agridem os fios, como sal e sulfato, melhor", explica Alex Domingos, especialista em fórmulas.

ARQUIVO INSTAGRAM

Assim como optar por uma alimentação mais saudável, evitando tanto os produtos industrializados, nos deixa com a imunidade em dia, escolher ingredientes naturais para os fios os deixam mais resistentes e com brilho. Um exemplo é a famosa hidratação com babosa, que nossas avós usavam. Quem nunca ouvir falar também que o alecrim é um ótimo tônico capilar? Ou que jogar um copo de água fria com vinagre depois da lavagem dá mais brilho ao cabelo? Ou seja, quanto mais natural, mais os fios agradecem.

Falando em alimentação, é importante ressaltar que a saúde do cabelo está diretamente ligada ao estilo de vida. Consumir alimentos mais naturais e menos industrializados, evitar gorduras ruins, ingerir muita água e ter uma rotina de atividade é fundamental para ter fios resistentes e com brilho.

"Muita gente se preocupa apenas em comprar produtos focados no tipo dos fios, que não se limitam apenas a oleosos, secos ou mistos, e esquecem que um cabelo saudável é resultado de uma vida saudável. Quanto mais o organismo está equilibrado, mais o cabelo agradece", completa Alex.

Outra dica bacana para quem está nessa fase e não gosta de expor o cabelo com diferentes texturas, é investir em penteados e acessórios. Tranças, rabos de cavalo e coques são práticos e combinam com qualquer ambiente. Lenços, faixas e boinas também deixam o look super fashion e são ótimas saídas para esconder a raiz.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar