mais

Corrimento vaginal pode indicar doenças - ISTs

A vagina tem seu próprio lubrificante natural - ISTs

Slide 4 de 4

ISTs

O corrimento pode vir de doenças como a tricomoníase. Trata-se de uma doença sexualmente transmissível (DST) causada pelo protozoário Trichomonas vaginalis. O corrimento, no caso da tricomoníase, é amarelo-esverdeado e tem um odor forte, lembrando o cheiro de peixe. Além do corrimento propriamente dito, outros sintomas são o ardor e a dor ao urinar e durante o ato sexual. O tratamento também é feito com remédios antifúngicos.

Gonorreia e Clamídia também são outros exemplos. Essas são outras duas DSTs relativamente comuns. Ambas são causadas por bactérias, respectivamente, Neisseria gonorrhoeae e Chlamydia trachomatis. Elas, porém, além de apresentar um corrimento anormal, amarelo turvo, e sintomas como ardência e dor, tendem a causar infecção no colo do útero, a chamada cervicite. Para o tratamento de ambas as doenças, o ginecologista deve prescrever tratamentos à base de antibióticos.

Há ainda alguns tipos de corrimentos que também são, relativamente normais, e indicam, por exemplo, alguma fase do momento reprodutivo da mulher.

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail