Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Descubra os quatro problemas na língua mais comuns e suas causas

Dentista lista cuidados para garantir a saúde do músculo que é um dos mais importantes do corpo

Compartilhe

Ter uma boca saudável, vai muito além de escovar os dentes depois de cada refeição. A língua, por vezes negligenciada, acumula uma grande quantidade de bactérias que podem provocar algumas doenças, caso a higiene bucal não seja bem feita. Para evitar transtornos, o dentista , Dr Paulo Zahr, explica a seguir quais doenças são mais frequentes em consultórios e o que fazer para evitá-las e tratá-las.

Língua pilosa

A língua pilosa não é um problema grave e acontece quando existe um acúmulo de ceratina, fungos ou bactérias nas papilas gustativas, que ficam mais alongadas, dando uma aparência de pelos na língua. O problema pode ser causado por hábitos de higiene incorretos, tabagismo, infecções e reação adversa a alguns medicamentos. A boa notícia é que o tratamento é simples, sendo necessário apenas procurar um dentista para identificar a causa, seguir as recomendações quanto à higiene bucal, suspender o uso de tabaco ou substituir medicamentos, se for o caso. “Os sintomas devem desaparecer após uma semana de tratamento. No entanto, caso persistam, procure um estomatologista para verificar a necessidade de recorrer a medicamentos antifúngicos ou antibióticos”, salienta Zahr.

Afta

Pode afetar tanto a língua, quanto a boca. É caracterizada por pequenas lesões arredondadas que causam dor e, muitas vezes, dificultam a alimentação e a fala. Seu aparecimento pode estar relacionado a diversos fatores, como mordidas na língua, estresse, doenças autoimunes ou até mesmo pelo consumo de alimentos cítricos, como abacaxi e limão. “As aftas costumam desaparecer de forma espontânea após 7 ou 10 dias, sem deixar cicatrizes. Quando isso não acontece ou quando são muito frequentes, é recomendado procurar um dentista”, orienta o especialista.

Sapinho

O sapinho ou candidíase oral é uma doença caracterizada pelo surgimento de placas esbranquiçadas na língua e interior da boca, vermelhidão, sensação de ardência e sabor desagradável. Ela ocorre devido a uma infecção causada por fungos e não é contagiosa. Alguns fatores como hábitos inadequados de higiene, fumo e uso de medicamentos podem favorecer o desenvolvimento da doença, assim como alguns grupos de pessoas são mais suscetíveis ao problema, como bebês recém-nascidos, usuários de drogas, com alimentação inadequada ou sistema imunológico debilitado, no caso, de pacientes com HIV ou transplantados, por exemplo. “O tratamento é feito com remédios antifúngicos em forma de gel ou creme aplicados de forma tópica. Após o início do tratamento, os sintomas devem desaparecer em duas semanas. No caso do sapinho causado por medicamentos, é preciso conversar com seu médico para verificar a possibilidade de mudar a dosagem ou substituir a medicação”, alerta Zahr.

Câncer Bucal

É preciso visitar o dentista com regularidade para garantir a saúde da boca e evitar problemas mais graves como o Câncer Bucal, que não é tão incomum quanto a maioria das pessoas imagina. “Esse tipo de câncer  é mais frequente em homens com mais de 40 anos e pode ser fatal, caso não seja diagnosticado de maneira precoce. Ao notar qualquer alteração na aparência e textura da língua, não hesite em procurar um profissional qualificado.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar