mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Doença de Chagas: saiba os perigos

Transmitida principalmente pelas fezes do inseto barbeiro, a doença pode causar problemas cardíacos graves, manifestações hemorrágicas, náusea, diminuição de força física e dor nas articulações

A doença de Chagas é uma infecção causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi, cujo principal vetor é o inseto "barbeiro" contaminado. O barbeiro funciona como uma espécie de intermediário entre o protozoário e o ser humano. O inseto pica um animal silvestre já infectado e depois transmite a doença para as pessoas.

Doença de Chagas: saiba os perigos - Imagem 1

O barbeiro, inseto transmissor da doença de Chagas — Foto: AXS 

"Quando o inseto pica alguém, ele naturalmente elimina fezes. Essas fezes têm o protozoário contaminante e, com a coceira, a pessoa ajuda a espalhar o protozoário até a ferida, completando a transmissão da doença", diz Juvêncio Furtado, infectologista da Faculdade de Medicina do ABC.


O nome do inseto barbeiro vem do fato de que, frequentemente, as picadas ocorrem no rosto. A doença é popularmente conhecida porque, na maioria dos casos, há um aumento significativo no tamanho do coração do paciente afetado. Isso ocorre porque as câmaras internas do coração doente aumentam de tamanho. A dilatação do coração impede que o sangue seja bombeado para o corpo da forma correta.

Os principais sintomas são:

  • Febre contínua, intermitente e prolongada por cerca de sete dias;
  • Inchaço na face ou nos membros;
  • Manchas vermelhas na pele;
  • Inchaço nos gânglios;
  • Inflamação no fígado ou no baço;
  • Falta de ar;
  • Problemas cardíacos agudos.


Formas de transmissão

A transmissão da doença, além de ocorrer principalmente por meio do contato do sangue com as fezes do barbeiro, também pode acontecer no sistema digestivo.

"Nos últimos anos, o barbeiro tem se alojado em plantações de cana-de-açúcar e em açaizeiros. Lá ele faz o seu ninho e se reproduz. Quando a pessoa tritura e ingere o suco da cana-de-açúcar ou do açaí, o inseto contaminado com o protozoário é consumido junto", explica Furtado. "Isso acontece somente em casos nos quais não há uma limpeza adequada do produto".


Outras formas de transmissão são: a recepção, em transplante, de órgãos provenientes de doadores infectados; e na gravidez, por via congênita, passando de mãe para filho.


O tipo de transmissão pode influenciar o período em que os primeiros sintomas começam a aparecer:

  • Vetorial: contato com as fezes do inseto infectado – de 4 a 15 dias;
  • Vertical: ocorre quando uma gestante contaminada passa os parasitas para o bebê – de 4 a 15 dias;
  • Transfusão de sangue ou transplante de órgãos de doadores infectados – de 30 a 40 dias;
  • Oral: ingestão de alimentos contaminados pelo barbeiro – de 3 a 22 dias.


Como prevenir

  • Impeça que o inseto forme colônias dentro da sua casa;
  • Caso encontre um inseto barbeiro, não esmague ou aperte;
  • Para manejar o inseto, use luvas para proteger as mãos;
  • Lave muito bem as frutas e outros alimentos.


Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail