Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

É possível viajar por buracos de minhoca?

Buracos de minhoca que permitem aos humanos viajar pelo espaço e pelo tempo podem ser possíveis, propuseram os cientistas.

Compartilhe

A física apoia o conceito de buracos de minhoca, mas até agora a maioria dos cientistas concordou que eles seriam muito pequenos e instáveis para uma pessoa viajar. Físicos da Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, usaram a mecânica quântica para encontrar uma lacuna matemática que eles acham que mostra que seria possível criar um buraco de minhoca grande o suficiente para humanos e suas espaçonaves.

Eles usaram a matemática para teorizar as condições que poderiam tornar um buraco de minhoca possível e até imaginaram como seria a sua aparência. “Visto de fora, parecem buracos negros carregados de massa intermediária. Seu grande tamanho vem da exigência de que um viajante humano possa sobreviver às forças das marés. Eles demoram muito pouco para atravessar, mas muito tempo vistos de fora”, contaram os cientistas.

Representação de um buraco de minnhoca em 3D (imaggem: Alamy)

“O viajante adquire um ator de impulso muito grande, γ, ao passar pelo centro do buraco de minhoca. Argumentamos isso com mais clareza para o caso de o buraco de minhoca existir em um espaço ambiente frio e plano. Não demos nenhum mecanismo plausível para sua formação. Argumentamos apenas que são configurações permitidas pelas equações”, constam as informações.

Em teoria, os buracos de minhoca poderiam atuar como um portal mágico conectando facilmente dois pontos no espaço e no tempo. Na ficção científica, eles costumam ser descritos como portais que permitem que as pessoas entrem em outro tempo ou galáxia.

É um conceito um pouco confuso, mas um buraco de minhoca é essencialmente um método teórico de dobrar o espaço e o tempo para que dois lugares no espaço possam ser conectados.

 Os fãs do filme Interstellar estão familiarizados com este conceito. O filme mostra como os astronautas em uma espaçonave podem viajar através de um buraco de minhoca com apenas uma pequena quantidade de tempo passando para eles, mas, para as pessoas na Terra, centenas ou mesmo milhares de anos podem ter se passado. É como desenhar uma linha entre dois pontos em um pedaço de papel, dobrar o papel de modo que os pontos se toquem e, em seguida, forçar a caneta através da página.

O buraco criado representa o buraco de minhoca

Einstein teorizou que o espaço-tempo pode ser emaranhado tão fortemente que dois pontos podem compartilhar a mesma localização física. Então, tudo que você precisa é de um pequeno buraco de minhoca entre os dois para uma viagem instantânea.

Pode ser teoricamente possível criar buracos de minhoca, mas continuarão impossíveis a menos que criemos uma tecnologia mais avançada. Isso é o que os especialistas em física Juan Maldacena e Alexey Milekhin vêm tentando provar.

Eles se baseavam em algo chamado teoria da geometria distorcida em 5 dimensões, que propõe que o Universo está em cinco dimensões. Um universo de cinco dimensões permitiria que algo chamado energia negativa existisse e é isso que os cientistas acham que poderia tornar um buraco de minhoca estável e grande.

Precisamos apenas das ferramentas certas para manipular a energia negativa. Alguns astrônomos acham que devemos procurar buracos de minhoca naturais no espaço observando como a gravidade está distorcendo a luz atrás das estrelas.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar