Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Helicóptero da NASA para viagens interplanetárias está pronto para voo

A missão Mars 2020 deve ser lançada em 20 de julho, a partir do Centro Espacial Kennedy da NASA, com janela possível de lançamento até 11 de agosto.

Compartilhe

A primeira aeronave que será capaz de realizar voos exploratórios em outros planetas está pronta para decolar, anunciou a NASA. “É algo que nunca foi feito antes na história da humanidade e nós estamos aqui e agora”, afirmou Jim Bridenstine, administrador da agência espacial, durante coletiva à imprensa da missão Mars 2020, na última quarta (17). As informações são do Mega Curioso.

O helicóptero foi batizado oficialmente de Ingenuity (ou ingenuidade, em português), enviado por uma estudante do Alabama, durante concurso nacional para escolha do nome. Apesar de não ser o núcleo central da missão que deverá pousar solo marciano, os voos serão bons testes para descobrir se um equipamento da NASA poderá voar na atmosfera de outro planeta.

Reprodução

A missão Mars 2020 deve ser lançada em 20 de julho, a partir do Centro Espacial Kennedy da NASA, com janela possível de lançamento até 11 de agosto. A viagem terá como objetivos procurar sinais anteriores de vida, além de estudar a geologia, o clima e recolher materiais, para preparar Marte para uma eventual futura exploração humana a partir de 2030.

Preparado para voar

Depois de seis anos de construção, a Ingenuity agora está acoplada na parte inferior do Perseverance, veículo espacial que será enviado à Marte. O helicóptero está pronto para voar, mas só deve decolar após a missão chegar no Planeta Vermelho, em fevereiro de 2021. A missão deve demorar um ano marciano, o equivalente a 687 dias terrestres.

Logo após o pouso, oa Ingenuity deve se desligar do veículo principal para alçar voo próprio. Na tentativa de decolagem, o helicóptero ficará, no mínimo, a 50 metros de distância do Perseverance, que monitorará os testes de voos a partir de 23 câmeras embarcadas.

Chances de erro

A NASA sabe que há grandes chances de algo dar errado. "Chegando a Marte, saindo com segurança do veículo, vamos aprender muito", disse Matt Wallace, gerente do projeto para a Missão Mars 2020. "Não estamos buscando um retorno extenso e ambicioso dessa tecnologia, estamos procurando aprender as primeiras coisas que precisamos aprender", comenta.

Ainda não se sabe se o helicóptero será capaz de voar na atmosfera marciana. Mas, caso isso seja possível, representará um grande avanço para a exploração de outros planetas. Você acha que a Ingenuity conseguirá voar em Marte?


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar