Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Homem vive há 2 anos com tumor do tamanho de laranja no olho

o professor Valdeci Barretos deve pegar resultado de biópsia nesta quarta-feira (4), em Rio Branco. Ele conta que em 2007 chegou a tirar um caroço do mesmo local, mas que voltou em 2017.

Compartilhe
Google Whatsapp

Há dois anos, o professor Valdeci de Macedo Barretos, de 37 anos, vive com um tumor no olho esquerdo do tamanho de uma laranja na cidade de Sena Madureira, no interior do Acre. Ele conta que aguarda o resultado de uma biópsia para saber do que realmente se trata o caroço. As informações são do G1.

Em 2007, ele lembra que um nódulo nasceu no mesmo local, que foi diagnosticado como um dermatofibroma, espécie de tumor benigno muito comum da pele. Na época, ele passou por um procedimento cirúrgico para retirada, que foi feita por um cirurgião plástico.

Dez anos depois, o incômodo voltou a aparecer. Ele se viu novamente com um caroço próximo ao olho, que crescia dia após dia. Foi quando o professor retornou à Fundação Hospitalar, em Rio Branco, para buscar tratamento em 2017.

Arquivo Pessoal

“Eu estava sendo acompanhado desde 2017 e, este ano, o médico disse que não iria fazer a cirurgia e pediu que eu procurasse um outro especialista. Desde então, estou sendo acompanhado por um especialista de cabeça e pescoço no particular. O resultado da biópisia deve sair na quarta-feira [4]. Aí é que o médico vai poder me dizer o diagnóstico e como vai ser a cirurgia”, conta.

O professor diz que há cerca de seis meses foi que o nódulo começou a crescer mais e a incomodar. Segundo ele, não é possível enxergar com o olho esquerdo, que ficou fechado por conta do tamanho do caroço.

“A gente está na torcida que seja uma coisa que tenha um tratamento rápido. Deus é quem sabe o que realmente é e vou fazer o tratamento direitinho para ficar bom. O tumor é na face, perto da pálpebra, como ele cresceu muito, fechou o olho. Me incomoda bastante, irrita mesmo. Acho que se doesse, não resistiria esse tempo todo”, fala.

Barretos diz que trabalhava como professor provisório e que resolveu não trabalhar esse ano para poder cuidar da saúde. “Este ano, decidi que ia resolver a situação dessa minha cirurgia. Na verdade, eu estou contando com a ajuda dos amigos para fazer essa cirurgia, porque estou desempregado”, conclui.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se