Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Jiboia tem saúde monitorada por um aplicativo

A dona da jiboia resolveu buscar ajuda do aplicativo, pois possui mais outros animais para cuidar

Pode parecer estranho mas Airine Pisseli, 27 anos, resolveu buscar ajuda da tecnologia para cuidar de um dos seus animaizinhos de estimação. A jiboia Blue é um dos seus pets. A jovem adora animais, tanto que possui dentre outros em sua casa, cachorros, peixes e cobra.

Blue é uma cobra da espécie arco-íris, presente no bioma caatinga. Suas cores chamam a atenção. Com o dorso pardo-avermelhado que contém manchas negras e ventre amarelado, ela apresenta brilho intenso.

A dona da cobra diz que  sempre gostou de animais, tendo eles em casa. Quando criança chegou a possuir oito gatos de uma vez só. Mas hoje não é muito diferente, tanto que ela passou a se preocupar com a quantidade e como cuidar de tantos. Alguns necessitam de maior atenção, como é o caso de Blue. 

“Nos últimos tempos, comecei a ficar desesperada porque eles são muitos, de espécies bem diferentes. Por isso tive que buscar um aplicativo que me ajudasse a organizar tudo, desde o controle de vacinas até a data da próxima alimentação do Blue, afinal ele só come uma vez por mês", disse Airine.

Cuidados com Blue

Hoje é possível  ela registrar e controlar vacinas, medicamentos, peso, consultas e exames e outras atividades referentes aos animais. Ele já é utilizado em todo o Brasil e é gratuito.

Airine Pisseli com Blue que é cuidado com ajuda de aplicativo/divulgaçãoAirine Pisseli com Blue que é cuidado com ajuda de aplicativo/divulgação

Estamos sempre em desenvolvimento de novos recursos e buscando novidades e ferramentas que tornem a rotina dos tutores e de seus pets mais prática e fácil de controlar", afirma Milton Santos Júnior, CEO do PetZillas.

Blue vive em um terrário com tudo o que ele precisa: água, toca, placa aquecida para os dias frios e substrato próprio para serpentes. A cada 30 ou 40 dias, ele é alimentado com um rato ou outro alimento próprio para cobras.

 "Nossa interação é livre. A qualquer momento, eu e meu marido, Diogo, vamos lá, pegamos o Blue, inclusive para assistir a filmes na companhia dele… Ele fica na mão, enrolado no braço ou até no pescoço. E depois volta ao terrário, pois não se mistura com nossos cães. A espécie não convive com outros animais, nem mesmo com outras cobras", explicou.

Airine e Diogo têm também Ozzy, um shitzu de 12 anos, Cookie, um lulu da Pomerânia, de três meses, Snow, também da raça lulu, de nove meses, além de oito peixes, duas espécies de camarão, uma anêmona e cerca de 10 espécies diferentes de corais, que vivem divididos entre dois aquários marinhos, um deles de 128 litros de água.


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push
<