Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Mulher polemiza por ser contra vacinar filhos: “Protegidos por Jesus"

Segundo a organização, a vacina previne até 3 milhões de mortes.

Mulher polemiza por ser contra vacinar filhos: “Protegidos por Jesus"
| Crédito: Shutterstock
Compartilhe
Google Whatsapp

Quando se trata de vacinar os filhos, existe um grande debate entre os pais. Enquanto muitos são a favor outros acreditam que isso é algo desnecessário e que não contribui para a saúde da criança. Um exemplo é uma mãe de cinco filhos que gerou polêmica no Facebook por dizer que nunca vai dar nenhuma vacina nos filhos porque eles já são “protegidos por Jesus”.

A mãe, cuja identidade foi preservada, escreve o seguinte: “Eu tenho cinco filhos e eles nunca serão vacinados. Eles são protegidos por Jesus porque eu sei que a fé ajuda você a seguir o caminho correto. As mesmas pessoas que me dizem para vacinar são as mesmas pessoas que me dizem que Deus não criou magistralmente este planeta”.

Segundo informações do site britânico “UNILAD”, o post gerou repercussão e muitos usuários começaram a responder a mãe . Fazendo uma suposta referência a vacina de tétano, uma pessoa tenta provocar dizendo que se um dos filhos dela se machucar com um prego enferrujado como o que usaram para pregar Jesus na cruz, ele ficaria muito mal pelo simples fato de não ser vacinado.

Essa publicação é um exemplo de que muitos pais deixam de vacinar seus filhos e os motivos são diversos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta sobre os riscos dessa atitude e em um comunicado divulgado nos últimos dias explica que essa relutância em dar vacina nas crianças “ameaça reverter o progresso feito no combate a doenças evitáveis por vacinação”.

Segundo a organização, a vacina previne até 3 milhões de mortes por ano, por isso, eles fazem questão de expressar preocupação que sentem ao notar que muitas pessoas são contra a esse método de prevenção. O sarampo, por exemplo, é uma doença que tem registrado um aumento de 30% nos casos, sendo que 72 crianças e adultos morreram por causa dessa doença no ano passado.

“ Vacinar é uma das formas mais econômicas de evitar doenças – atualmente previne de 2 a 3 milhões de mortes por ano e outros 1,5 milhões poderiam ser evitados se a cobertura global de vacinação melhorasse”, afirmam os representantes da OMS.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto