mais

Medir temperatura funciona na pandemia? Veja o que diz o especialista

O termômetro digital, que tem muitas curiosidades, acabou se tornando um instrumento para detectar o coronavírus

A medição de temperatura com a tecnologia digital  se tornou uma prática onde quer que você esteja. Em todo lugar há sempre alguém medindo a temperatura antes da pessoa entrar em estabelecimento.

Seja nas portas de supermercados, nos parques, em grandes empresas, nas igrejas há sempre um termômetro digital. Mas até que ponto ele realmente funciona?

O termômetro digital, que tem muitas curiosidades, acabou se tornando um instrumento para detectar o coronavírus. Mas o que a maioria das pessoas não sabem qual a forma mais eficaz de utilizá-lo.

Assintomáticos

Para falar sobre o assunto, o especialista em clínica médica Felipe Magalhães diz que medir as temperatura das pessoas não controla a pandemia.

 “As pessoas podem ser assintomáticas e não ter febre, a eficácia contra a propagação do vírus está em distanciamento social, higienização das mãos, máscaras e vacina”, diz o especialista  que faz parte da plataforma Jaleko.

A medição é importante como uma, de tantas medidas para detectar a pessoa que possui esse sintoma, inclusive a medida é uma orientação do Ministério da Saúde, pois reconhecer os pacientes sintomáticos é uma vantagem, porque eles transmitem mais, por isso, é necessário identificar a febre em porta de locais fechados.

Controle da temperatura é uma das formas de acompanhar a transmissão do vírus/reproduçãoControle da temperatura é uma das formas de acompanhar a transmissão do vírus/reprodução

O punho é uma região periférica, que controla mais a temperatura dessas áreas, podendo não atingir o resultado das regiões centrais. Neste sentido, é comum que esses locais tenham temperaturas mais baixas do que a nossa testa, auxilias e virilha. Isso se dá pelo fato de nosso corpo faz a vasoconstrição e diminuir o tamanho de nossas arteríolas e, com isso, vai menos sangue e nossas mãos e punhos são mais frias, isso acontece para que não percamos calor. – Felipe Magalhães.

O doutor explica que a manutenção do objeto deve estar sempre em dia. O sensor deve estar limpo e a medição deve ser feitas em locais que são capazes de identificar realmente a temperatura corpórea. Ainda, alerta sobre a falsa sensação de segurança, considerando que existem pessoas infectadas que não apresentam sintomas, portanto, é necessário continuar com as medidas protetivas.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail