Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Nasa anuncia missão para procurar asteroides próximos à terra

Missão de Vigilância de Objetos Próximos à Terra será liderada pela NASA

Compartilhe

Sempre houve ameaças do espaço ao nosso planeta. Mas, nos últimos tempos, isso tem se intensificado. O que tem levantando um alerta a uma possível colisão de asteroides com a Terra. Nesse caso, precisaríamos estar preparado, por isso, é necessário conhecer bem a ameaça. Então, a Agência Espacial americana anunciou que irá começar a desenvolver um telescópio espacial, próprio para o rastreamento de asteroides nos arredores da Terra. A declaração foi feita pelo administrador de ciência da própria NASA, Thomas Zurbuchen.

Segundo informações do Space News, a nova missão será baseada em uma ideia anterior, nomeada de NEOCam. A Missão de Vigilância de Objetos Próximos à Terra será liderada pela NASA. Essa medida é uma reforço, para cumprir a ordem do Congresso dos Estados Unidos, para descobrir asteroides que representam uma potencial ameaça ao planeta. O plano inicial prevê que, até 2025, o telescópio já esteja finalizado e pronto para o lançamento ao espaço.

O novo telescópio de monitoramento de asteroide custará, até agora, cerca de US$ 500 milhões. Se tudo correr com o previsto, ele será lançado daqui seis anos, em meados de 2025. De acordo com o Space News, Zurbuchen afirmou que levaria, aproximadamente, uma década para o telescópio cumprir com a sua meta.

Em 2005 o Congresso dos Estados Unidos em 2005 solicitou expressamente que a NASA localizasse 90% dos asteroides próximos à Terra com mais de 140 metros de diâmetro. A ordem tinha até 2020. No entanto, a infraestrutura defasa não permitiu que os cientistas atingissem o objetivo. Os astrônomos estimaram que existem mais de 25 mil objetos nos arredores da Terra. Todos eles com mais de 140 metros de diâmetro. Porém, os telescópios, em atividade no mundo, encontraram apenas um terço deles.

Atualmente, já existe um telescópio espacial infravermelho, o chamado NEOWISE. Esse telescópio já vem catalogando asteroides próximos à Terra há algum tempo. Mas esse ano, um relatório, divulgado pela National Academies, sugeriu que os astrônomos e a NASA devessem construir um sucessor, o NEOCam.

A missão

A NASA já autorizou a missão. E mais do que isso, forneceu, antecipadamente, o financiamento para pesquisar os detectores de infravermelho, que seriam usados na caça aos asteroides. E mesmo que a NASA não esteja fazendo progresso com o NEOCam, esse trabalho de pesquisa será incluído na nova Missão de Vigilância de Objetos Próximos à Terra.

"Estou muito satisfeito em saber que a NASA está interessada em apoiar uma missão de pesquisa de asteroides. É o que propusemos com o NEOCam: um telescópio de 50 centímetros que opera em comprimentos de onda infravermelhos sensíveis ao calor que os asteroides e cometas emitem", disse a principal pesquisadora do NEOCam, Amy Mainzer. "A missão aborda diretamente as recomendações da National Academies que foram publicadas recentemente".

Mainzer, que é professora de ciências planetárias da Universidade do Arizona, afirmou que já está trabalho nos detalhes da missão. "Uma das coisas mais importantes que a NASA pode fazer, na minha opinião, é usar a ciência e a tecnologia para ajudar a proteger a Terra e todos os seus habitantes de coisas ruins. Tais como mudanças climáticas, perda de biodiversidade e, neste caso, impactos de asteroides e cometas", afirmou Mainzer. "Esta ciência aplicada é importante para todos, e a NASA tem uma grande capacidade", completou.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar