Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Perfume. Quatro dicas chave para fazer com que fragrância dure mais

Saber escolher, onde guardar e como aplicar faz toda a diferença na fixação do odor na pele.

Compartilhe
Google Whatsapp

Escolher um perfume todos os dias de manhã pode ser uma tarefa tão difícil quanto escolher que roupa vestir. No fim, o que todos querem é encontrar aquela fragrância que permeneça por horas e horas, e existem muitos mitos a respeito desse tema. Com informações do Notícias ao Minuto.

"Muitas pessoas acreditam que os perfumes trazem um agente fixador na sua composição, mas a fixação, por si só, é um mito", afirma Veronica Kato, perfumista da loja Natura, no Brasil, em declarações à publicação Minha Vida. "Isso porque toda fragrância é produzida a partir de uma matéria-prima - e todas as matérias-primas usadas nas essências dos perfumes evaporam, sem exceção. O que as diferencia é a sua volatilidade e as famílias olfativas às quais pertencem", explica. 

Saber usar o f=erfume faz uma boa diferença na hora de poupá-lo. Foto: IStock banco de imagens.

Os perfumes são classificados em famílias, que ao todo são cinco: cítrico, ervas, amadeirado, floral e adocicado.

Mas como isso se aplica ao dia a dia?

Escolha corretamente

O primeiro passo para escolher a fragrância mais duradoura é saber identificar quais perfumes são mais e menos voláteis, ou seja, os que se evaporam em maior ou menor velocidade. "Quanto mais notas frescas, mais rápido o cheiro se esvairá", esclarece a química Yara Teresinha Turolla, da PharmaSpecial, à mesma publicação. "Perfumes cítricos são os que evaporam mais rapidamente, já as fragrâncias de base adocicada duram mais tempo", afirma. Mesmo entre as notas florais, há algumas que permanecem na pele por mais tempo que outras. É o caso do floral adocicado e do floral frutado. Já as fragrâncias produzidas com notas de floral verde duram menos, assim como as essências de madeira fresca.

Verifique a concentração de essência

Depois de identificar a qual família olfativa o perfume desejado pertence, é importante verificar no rótulo qual a concentração da essência. Quanto maior for a concentração, mais tempo o odor permanecerá na pele. "Fragrâncias com concentração em torno dos 5% podem ser aplicadas com generosidade pelo corpo todo, com direito a borrifadelas ao longo do dia", diz Veronica. Essências com 10% de concentração, como águas de colónia, não exigem mais que duas ou três aplicações, já os perfumes com concentração de 15%, uma borrifadela é suficiente.

Aplique em zonas específicas

Já se perguntou por que costumamos aplicar o perfume no pescoço e nos pulsos? Não é à toa. Nessas regiões, a pulsação pode ser sentida com muito mais intensidade do que noutras partes do corpo. Segundo o farmacêutico Cleber Barros, a temperatura desses locais é um pouco mais elevada, o que facilita o desenvolvimento da fragrância e impede que o cheiro se dissipe mais rápido. "Atrás da orelha, no pescoço, pulsos, dobras dos braços, cotovelos e atrás dos joelhos são os locais mais indicados para aplicar o perfume", afirma Barros.

Onde guardar o perfume?

Sim, o armazenamento correto do perfume faz toda a diferença. Calor, luz e humidade podem destruir a fragrância e reduzir muito o seu potencial de fixação no corpo. "Não se deve deixar os perfumes expostos a nenhum tipo de luz, nem solar e nem artificial", explica Veronica Kato. "Perfumes têm muitos componentes naturais e a exposição a esses agentes externos prejudicam a qualidade da fragrância", diz.

Então, se o ideal é manter os fracos em locais secos e frescos, a casa de banho definitivamente não é o melhor lugar para armazená-los. "Eu guardo-os no frigorífico", conta a perfumista. Parece estranho, mas faz sentido. Todo o perfume é testado a aproximadamente 45 graus antes de chegar às lojas e só é libertado se tiver pelo menos três meses de estabilidade garantidos. "Cada mês de estabilidade no laboratório equivale a um ano de validade no mercado", explica Kato. "Portanto, é correto afirmar que todo perfume tem três anos de validade, mas quando se armazena no frigorífico, a uma temperatura média de cinco graus, consegue prolongar a vida útil da fragrância para até cinco a seis anos".


Siga nosso canal no telegram
Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto