Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Polícia cai em pegadinha macabra em caso de bebê morto em Nova York

Ainda não se sabe quem foi o responsável pela peça e qual seria o tipo de punição a ser aplicada.

Compartilhe
Google Whatsapp

O departamento de polícia de Nova York acabou vítima de uma pegadinha para lá de macabra. Ao ser acionada pela central do 911, os agentes da Lei se dirigiram para o Parque Crocheton, em Bayside, para investigar o corpo de um bebê encontrado no local. 

Ao chegarem à cena do crime, se depararam com um boneco extremamente realista, maquiado como se estivesse em avançado estado de decomposição. Ainda não se sabe quem foi o responsável pela peça e qual seria o tipo de punição a ser aplicada. As informações são da Revista Monet. 

Segundo a CBS New York, uma chamada relatava o encontro de “uma criança inconsciente e imóvel ao lado de uma casa no cruzamento da rua 215 e a avenida 35 em frente ao parque Crocheron Park, em Bayside”. Quando eles chegaram , o bebê foi declarado morto no local e as investigações começaram. Uma aglomeração logo se formou, e a equipe de emergência isolou a área do “crime” e cobriu o “bebê” com uma lona amarela.

Divulgação


A comoção tomou a vizinhança de assalto, dada a idade da vítima e as condições como o corpo foi encontrado. "Eu desci para ver o que estava acontecendo", disse Lori Scolaro à CBS2. "Isso é terrível. Isso é terrível". Alexander Lara, que também é morador da vizinhança, disse que todos ficaram chocados com a notícia, e nunca havia se deparado antes com uma situação semelhante na região.

O que é de se estranhar é o fato de que agentes da Lei não se deram conta de imediato que a situação se tratava de um engodo. Aventa-se que a polícia de Nova York tenha identificado rapidamente que o corpo encontrado não se tratava de um ser humano, mas o que pesa contra os agentes é que o caso demorou cerca de quatro horas para ser oficialmente desmentido pelas autoridades.

Divulgação


Assim que a brincadeira foi confirmada, a polícia voltou-se para identificar quem criaria uma fraude tão elaborada. Eles também estão tentando estabelecer se a pessoa que fez a ligação inicial do 911 estava ou não envolvida.  Joseph Giacalone, professor e sargento aposentado da polícia de Nova York, disse que a polícia deve recuperar imagens do local para tentar detectar o possível brincalhão (de mau gosto) em lugares próximos à “cena do crime”: “Se eu estivesse conduzindo uma investigação como essa, estaria gravando em vídeo, tirando fotos dos espectadores porque, na minha opinião, essa pessoa ou pessoas está na multidão assistindo isso, aproveitando a empolgação disso tudo”, afirmou.



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×