Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Pombo "espião" que voou dos EUA para a Austrália pode ser executado

Pombo conseguiu concluir suposta missão

Um pombo-correio dos Estados Unidos que atravessou o Oceano Pacífico e chegou à Austrália está correndo o risco de ser executado. Informações do Metro.

Segundo o IFLS, o australiano Kevin Celli-Bird encontrou o pombo – exausto – no quintal de sua casa, em Melbourne. A saúde da ave (que ganhou o apelido carinhoso de ‘Joe’) parecia inspirar cuidados: “Ele estava muito magro, então eu amassei um biscoito e o deixei lá para ele.” – Declarou. No dia seguinte, o homem percebeu que o pombo tinha uma faixa azul em sua perna.

Pombo conseguiu concluir suposta  missão- Reprodução/IFLSPombo conseguiu concluir suposta  missão- Reprodução/IFLS

Kevin descobriu que Joe era um pombo-correio que tinha desaparecido de uma corrida nos Estados Unidos no dia 29 de outubro de 2020. Especialistas acreditam que a ave pegou uma carona em um navio de carga para conseguir chegar tão longe.

A jornada do pássaro, que estava recuperando a sua saúde graças aos cuidados do homem, rendeu reportagens leves e divertidas nos jornais locais. Entretanto, quando o serviço australiano de quarentena e inspeção soube do caso, comunicou que o animal, visto como um ‘imigrante ilegal’, seria imediatamente deportado ou morto.

"Independentemente de sua origem, qualquer ave domesticada que não cumpra os pré-requisitos de saúde não tem permissão para permanecer na Austrália." – Declarou o porta-voz do serviço.

"O único resultado possível para gerenciar o risco de biossegurança é o abatimento da ave." – Concluiu.


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push