Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Por que incomoda tanto quando entra água no nariz?

A sensação é um misto de desespero e ardência.

Por que incomoda tanto quando entra água no nariz?
agua | reproducao
Compartilhe

A sensação é um misto de desespero e ardência. Quando você não sabe nadar ou tenta entrar na água sem bloquear os orifícios nasais com os dedos, é quase inevitável que um pouco de água entre pelo canal nasal e a sensação terrível de queimação se instale. Mas, por que isso acontece?

Afinal de contas, não somos compostos em nossa maioria por água? Sim, justamente! Mas toda a água que temos em nosso organismo possui um índice de salinidade que costuma ser diferente do da água de piscinas, dos lagos, do mar ou daquela bexiga cheia d'água que você está prestes a levar na cabeça. A água das células do corpo humano possuem um índice de cloreto de sódio de menos de 1%.

No caso da água do mar, a salinidade média é de 3,5%, bem mais alta do que a do corpo. Já a água da piscina tem uma salinidade normalmente até menos concentrada que a do corpo humano.

Quando a água entra em contato com a membrana semipermeável de dentro do nariz, o primeiro efeito que ela produz é similar ao da osmose: as moléculas da água tentam se mover de uma solução menos para uma mais concentrada, através da membrana, para equilibrar a situação.

 src=

Assim, quando estamos falando de água de piscina ou de brinquedos de espirrar — como as brincadeiras de mangueira na laje e a guerra de bexigas que nós brasileiros tanto amamos —, a água que entra no nariz tenta literalmente invadir a membrana que protege a parte interna do nariz.

No caso da água do mar, que é mais salgada, o efeito é o contrário: a água menos salgada do corpo tende a sair das células para equilibrar o ambiente, ainda que seja o ambiente de dentro do nariz, do outro lado da membrana. E é por isso também que, muitas vezes, quando estamos no mar surge aquela vontade de assoar o nariz, junto com a ardência.

Inclusive, esse é o princípio de algumas soluções salínicas nasais utilizadas para eliminar o excesso de muco e destrancar o nariz. Na verdade, um nariz entupido pode ser resultado de suor, não necessariamente de muco, e as soluções mais salinizadas conseguem liberar o espaço para o ar passar, pois eliminam a água em forma de catarro.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar