Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Professor é preso ao matar aluna e esconder restos do corpo em mochila

Sokolov era referência em estudos sobre o imperador Napoleão Bonaparte e escreveu obras sobre o francês.

Compartilhe
Google Whatsapp

O professor  e historiador da Universidade de São Petersburgo, Oleg Sokolov, de 63 anos, foi preso na manhã do último sábado (09), em São Petersburgo, na Rússia, quando tentava jogar partes do corpo de uma mulher em um rio. Ele caiu na água e um homem que o resgatou viu dois braços femininos dentro de uma mochila que estava com o professor. A polícia foi avisada e prendeu Sokolov em seguida. As informações são do Extra.

Na casa de Sokolov, autoridades encontraram o corpo mutilado de Anastasia Yeschenko, de 24 anos, que havia realizado diversos trabalhos em parceria com o historiador. Os dois tinham um relacionamento e Sokolov alegou que a "matou acidentalmente durante uma discussão" três dias antes do corpo ser encontrado.

Sokolov era referência em estudos sobre o imperador Napoleão Bonaparte e escreveu obras sobre o francês. No momento em que foi preso, ele vestia uma fantasia de Napoleão, que usava frequentemente em eventos relacionados ao imperador.

Olga Matseva/ STR

O historiador foi condecorado com a Ordem Nacional da Legião de Honra Francesa em 2003 e era membro do Instituto de Estudos Sociais Econômicos e Político francês (ISSEP). No mesmo dia em que foi preso, a organização informou que ele foi expulso do comitê.


Siga nosso canal no telegram
Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se