mais

Qual o significado de LGBTQIA+ e outras siglas?

Entenda a definição de cada letra e a sua importância para o movimento.

Qual o significado de LGBTQIA+ e outras siglas?
Bandeira do orgulho trans | Reprodução

Você também já ficou com dúvida sobre o significando de cada letra da sigla LGBTQIA+? Com as atualizações que vem acontecendo desde os anos 2000, é comum ter dúvidas sobre o significado do movimento, que nasceu com a sigla GLS e busca lutar pelos direitos e inclusão de pessoas de diversas orientações sexuais e identidades de gênero. Ao longo dos anos, o movimento passou por transformações e passou a incluir pessoas não heterossexuais e não cisgênero. 

O significado de cada letra da sigla LGBTQIA+


L = Lésbicas 

São mulheres que sentem atração afetiva/sexual pelo mesmo gênero, ou seja, outras mulheres. 

G = Gays

São homens que sentem atração afetiva/sexual pelo mesmo gênero, ou seja, outros homens. 

B = Bissexuais 

Diz respeito aos homens e mulheres que sentem atração afetivo/sexual pelos gêneros masculino e feminino. 

T = Transexuais 

A transexualidade não se relaciona com a orientação sexual, mas se refere à identidade de gênero. Dessa forma, corresponde às pessoas que não se identificam com o gênero atribuído em seu nascimento. As travestis também são incluídas neste grupo. Porém, apesar de se identificarem com a identidade feminina constituem um terceiro gênero. 

Q = Queer

Pessoas com o gênero 'Queer' são aquelas que transitam entre as noções de gênero, como é o caso das drag queens. A teoria queer defende que a orientação sexual e identidade de gênero não são resultado da funcionalidade biológica, mas de uma construção social. 

I = Intersexo 

A pessoa intersexo está entre o feminino e o masculino. As suas combinações biológicas e desenvolvimento corporal - cromossomos, genitais, hormônios, etc - não se enquadram na norma binária (masculino ou feminino). 

Assexual 

Assexuais não sentem atração sexual por outras pessoas, independente do gênero. Existem diferentes níveis de assexualidade e é comum que estas pessoas não veem as relações sexuais humanas como prioridade. 

+

O + é utilizado para incluir outros grupos e variações de sexualidade e gênero. Aqui são incluídos os pansexuais, por exemplo, que sentem atração por outras pessoas, independente do gênero. 


A importância da sigla

Para alguns, LGBTQIA+ pode ser apenas letras, mas o intuito é que um número cada vez maior de pessoas se sintam representadas pelo movimento e as suas pautas defendidas na sociedade. Cada letra representa um grupo de pessoas na sociedade que sofrem diferentes tipos de violência simplesmente pelo fato de não se adequarem aquilo que foi normatizado como sendo o normal na sociedade. 

LGBT

Esse é o termo mais utilizado e significa Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. O termo no Brasil foi aprovado em 2008, durante 1ª Conferência Nacional GLBT, quando ouve a troca do GLBT pelo LGBT.

LGBTQ+?

Nessa sigla, foi inserida a letra Q, que significa Queer. É um termo inglês, que traduzindo, ao pé da letra, significa estranho. Mas não é o caso dele na sigla. Ele engloba pessoas que se identificam com todas as orientações sexuais e gêneros, sem se encaixar em apenas um deles.

E LGBTQQICAPF2K+?

A sigla ganhou novas letras, e vamos explicar o que cada uma delas representa:

Questionando: é uma pessoa que não sabe qual a sua identidade ou orientação sexual.

Intersexo: são pessoas que nascem com genital ambíguo, com pênis, com vagina, depende de cada pessoa. Essas pessoas não se encaixam perfeitamente nas definições tradicionais de “sexo masculino” ou “sexo feminino”.

Curioso: é para quem tem curiosidade de experimentar outras coisas, mesmo tendo certeza do que é.

Assexual: é para todas as pessoas que não sentem atração sexual, ou seja, o sexo não faz parte de um relacionamento.

Pansexual e polissexual: alguém que sente atração independentemente do gênero da pessoa e polissexual é quem sente por vários gêneros, mas não todos.

Familiares e Amigos: também conhecido como aliados. São pessoas que se consideram parceiras da comunidade.

Two-spirit: é uma identidade indígena americana, bastante antiga, que não possui o padrão de gênero da sociedade como homem e mulher. Eles acreditam ter nascido com espíritos masculino e feminino dentro delas.

Kink: significa fetiche, ou seja, simplesmente pessoas com fetiches.

O movimento LGBT

O Dia Internacional do Orgulho LGBT é comemorado todo dia 28 de junho. Ele relembra a Revolta de Stonewall, em Nova York, no ano de 1969. Durante seis dias, membros da comunidade saíram às ruas lutando pelos seus direitos! No Brasil, o movimento LGBT ganhou força na década de 70, em pleno auge da Ditadura Militar (1964-1985).

A luta é longa, ainda hoje, milhares de gays, lésbicas e travestis são mortos por conta do preconceito e da falta de leis que protejam a comunidade – o Brasil é o pais que mais mata LGBT no mundo. Recentemente, uma conquista: homofobia e transfobia agora são crimes, com penas que podem ir de 3 a 5 anos de prisão.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail