Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Raio-X em tela de Picasso descobre obra inédita escondida

O equipamento de tecnologia conseguiu ver que Picasso realmente tentou esconder os traços recém-descobertos

Compartilhe

Restauradores do Instituto de Arte de Chicago descobriram uma composição escondida por trás de uma pintura abstrata do artista espanhol Pablo Picasso.  As informações são do Mega Curioso.

Tudo começou quando a obra Still Life, de 1922, precisava de uma restauração devido ao aparecimento de rugas em algumas áreas. Quando a equipe capturou imagens de infravermelho e raios-X para auxiliar no tratamento, traços de uma outra obra foram revelados por trás do famoso quadro. 

A obra original Still Life, de Picasso. (Fonte: Art Institute of Chicago) 

De acordo com a equipe de restauradores, a figura se trata de uma natureza-morta neoclássica em que mostra uma jarra, uma caneca, um objeto retangular (que poderia ser um jornal) e outra forma circular. A descoberta foi retratada em um estudo publicado no SN Applied Sciences.

A tentativa de Picasso em esconder o esboço

O equipamento de tecnologia conseguiu ver que Picasso realmente tentou esconder os traços recém-descobertos. 

"A radiografia e a imagem infravermelha, bem como a análise tranversal da pintura, revelaram detalhes sobre o design e o nível de conclusão da primeira natureza-morta e esclareceram que ela foi realmente pintada na frente da tela e coberta com uma camada de tinta branca antes de Picasso pintar a natureza morta cubista linear" explicou Alison Langley, chefe de Conservação de Pinturas, em entrevista ao IFL Science.

Infravermelho da pintura original. (Fonte: SN Applied Sciences) 

Langley ressalta que isso não é típico do pintor. Segundo a profissional, Picasso reutilizava suas telas frequentemente, mas o surpreendente é que ele tenha bloqueado a primeira composição. 

"Isso é incomum da parte dele, já que ele normalmente pintava diretamente sobre as camadas de tinta anteriores, muitas vezes retendo vestígios das formas ou cores originais na pintura final" enfatizou Langley. 

O que pode ter motivado a decisão do pintor

Ainda que os restauradores não tenham chegado a uma conclusão sobre a motivação de Picasso, Alison Langley levanta a possibilidade de que o estilo tenha influenciado a decisão. 

"Talvez ele não conseguiu encontrar um alinhamento lúdico ou artístico das formas curvilíneas da primeira natureza-morta e das arestas duras da composição abstrata linear final nesse caso" argumenta a profissional. 

Enquanto o mistério não é resolvido, a obra Still Life foi restaurada completamente pela equipe.

Raio-X de Still Life. (Fonte: SN Applied Sciences) 


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar