Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Tesouro da 2ª Guerra Mundial encontrado em ruínas de castelo; fotos

O tesouro será agora analisado pelos arqueólogos, que identificarão, listarão e limparão todos os objetos, que serão então entregues ao Museu Regional na cidade.

Compartilhe

Uma arca repleta com um tesouro de preciosas taças, talheres e baixela de prata foi desenterrada nas ruínas de um castelo do século XIV na Polônia. Foi durante trabalhos arqueológicos no Castelo Real da cidade de Nowy Sacz (Polônia) que especialistas da Associação Histórica e Exploratória local detectaram o tesouro, quando procediam a escavações ao lado das ruínas do castelo.

Segundo o jornal polonês em língua inglesa The First News, os especialistas creem que as peças do tesouro achado tenham pertencido a judeus assassinados durante a Segunda Guerra Mundial.

"Começamos a extrair o papel delicadamente, que estava em muito mau estado. Pouco depois, vimos prata, muita prata", relatou Stanislaw Pustulka, que fez a descoberta quando desenterrava fragmentos de papel com os quais se tinha deparado.

 ANTEKBOJAR / CROPPED IMAGE


Os seis membros da equipe removeram delicadamente a arca, que havia se desintegrado e suas partes metálicas enferrujado com o tempo. O que restou incólume foram os 103 objetos de prata que continha, feitos na Polônia e Áustria.

O arqueólogo local Bartlomiej Urbanski, que esteve presente no local, opinou que se trataria de artefatos judaicos, "provavelmente da virada dos séculos XIX e XX, ligados a rituais judaicos e presumivelmente enterrados durante a Segunda Guerra Mundial".

Urbanski não exclui a hipótese de o tesouro ter sido roubado pelos nazistas e enterrado na impossibilidade de o levarem, tanto mais que as tropas hitlerianas tinham ocupado o castelo e ali instalado um quartel militar e um depósito de munições.

Durante a ocupação nazista, mais de 20.000 judeus de Nowy Sacz foram confinados em um gueto, tendo toda a população sido enviada em 1942 para o campo da morte de Belzec.

 FACEBOOK/STOWARZYSZENIE HISTORYCZNO EKSPLORACYJNE SĄDECCZYZNY


Em 1945, a resistência polonesa explodiria o depósito de munição, quase destruindo totalmente o castelo. A descoberta da prata foi feita a apenas 20 metros do local onde moedas de dinar do século XV haviam sido achadas no início deste ano pela mesma equipe.

O tesouro será agora analisado pelos arqueólogos, que identificarão, listarão e limparão todos os objetos, que serão então entregues ao Museu Regional na cidade.




Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar