Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Veganismo na infância, pode?

Nutricionista explica como pais veganos podem educar os filhos dentro do estilo de vida que elimina o consumo de produtos de origem animal

Compartilhe
Google Whatsapp


Muitos adultos adeptos ao veganismo estão ensinando os filhos a seguirem o mesmo estilo de vida, mas ainda restam dúvidas sobre como substituir produtos de origem animal na rotina das crianças, inclusive quando se trata da alimentação, por ser um fator decisivo no desenvolvimento saudável dos pequenos.

“É importante que os pais informem o pediatra sobre o hábito alimentar da família, principalmente após o período de aleitamento materno exclusivo, para que o médico atue na prevenção de carência de nutrientes na criança, recomendando a suplementação de vitaminas se necessário”, informa a nutricionista Jessica Santos.

Confira abaixo alimentos que não podem faltar no cardápio de uma criança vegana:

Vegetais de folhas escuras: espinafre, escarola e rúcula devem fazer parte das refeições de todo vegano porque o principal nutriente presente nesses tipos de vegetais é o ferro, encontrado também na carne vermelha, e extremamente necessário para as crianças já que melhora a resistência a infecções e previne a anemia.

Leguminosas: variedades como feijão, grão-de-bico e ervilha além de também serem fontes de ferro, são considerados ótimos substitutos da carne animal porque têm alta concentração de proteínas, fundamentais para o bom funcionamento do organismo das crianças.

Cereais integrais: ricos em vitaminas do complexo B e de fibras alimentares, os cereais contribuem para a melhora do sistema digestivo e também são uma ótima fonte de energia por terem carboidratos complexos. “Esses cereais podem ser introduzidos na alimentação dos pequenos através de pães, biscoitos e massas feitos com farinhas integrais”, sugere.

Substitutos de carnes e queijos: por fim, a nutricionista indica ainda alimentos prontos enriquecidos com vitaminas que podem substituir os de origem animal no cardápio das crianças como proteínas vegetais e queijos veganos, sendo que algumas opções ainda tem a vitamina B12, importante para quem tirou a carne animal da alimentação. 


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se