Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Vitamina D em tempos de pandemia de Covid-19

Médico endocrinologista da Clínica Intermed explica relação entre a vitamina e o impacto do vírus.

Compartilhe

Desde o início da pandemia da Covid-19, tem se ouvido muito falar sobre o uso da vitamina D para ajudar no combate a esta doença. Porém, de acordo com o médico endocrinologista da Clínica Intermed, Martinho Nunes, não existe uma indicação de repor vitamina D para prevenir ou tratar a Covid-19.

“A vitamina D é um hormônio que atua como um importante regulador do metabolismo ósseo.  Portanto, a única coisa que se conhece atualmente é que a reposição de vitamina D é benéfica para a preservação da massa óssea, não se mostrando eficaz em manter a disposição ou força muscular, por exemplo. Com isso, para os pacientes com osteopenia ou osteoporose a recomendação é fazer a suplementação da vitamina D para reduzir riscos de fratura”, explicou.

Martinho Nunes, médico endocrinologista da Clínica Intermed

Martinho disse que a maneira mais fácil de aumentar a produção de vitamina D no organismo é por meio da exposição ao sol. “A principal fonte de produção de vitamina D é o sol, pois os raios ultravioletas ativam a síntese dessa substância. Com isso, a pessoa deve expor as áreas de braço, perna e cabeça por 15 minutos todos os dias, entre 10 h e 16 h. Aqui em Teresina, por conta da intensidade dos raios solares, é muito difícil ficar exposto ao sol por muito tempo, mas ainda é a melhor maneira de aumentar a produção de vitamina D.”, destacou o médico.

Para aquelas pessoas que não conseguem ficar expostas ao sol pode ser preciso fazer a suplementação de vitamina D. “Para quem tem nível de vitamina D abaixo de 20 ng/ml e não consegue fazer essa exposição ao sol deve ser feita a suplementação. Para saber se a pessoa tem necessidade de suplementação de vitaminas é necessário realizar alguns exames laboratoriais. Tomar vitaminas sem necessidade pode levar a um quadro de intoxicação. Reforço que a vitamina D não previne nem trata a Covid-19. A suplementação só deve ser feita naquelas pessoas que apresentam um nível de vitamina D muito baixo. E isso só o médico pode avaliar”, explicou Martinho.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar