Atualmente, é cada vez mais comum as empresas fabricarem eletrodomésticos com tomadas de três pinos e muitas pessoas nem perceberam esse detalhe. Para muitos, isso deve ter causado estranheza, tendo que procurar adaptadores ou até trocar todas as tomadas da residência no sentido de se adaptar ao novo padrão.

O fato é que os especialistas asseguram que esse terceiro pino não foi colocado por acaso!

Para trocar em miudos e fazendo uso de uma linguagem simples, o terceiro pino da tomada funciona como um "fio-terra". Dessa forma, ajuda a dissipar a energia excedente para o solo. Sendo assim, o aparelho é desmagnetizado e o consumidor não tem dores de cabeça com choques, incêndios, acidentes ou quaisquer problema.

Eletrodomésticos mais novos estão sendo fabricado com terceiro pino. (Foto: Reprodução)Eletrodomésticos mais novos estão sendo fabricado com terceiro pino. (Foto: Reprodução)

Segundo os especialisas, o pino extra foi adicionado pensando justamente nos lugares nos quais a rede de energia não conta com uma estabilização constante. Ou seja, caso aconteça uma fuga de tensão, a energia que sai da tomada ficar áarmazenada na carcaça metálica do aparelho em questão, o que pode ocasionar alguns choques caso alguém encoste no aparelho ou ainda gerar uma sobretensão e danificar o eletrodoméstico.

Na verdade, esse é o impulso que geralmente passa pela cabeça de muita gente ao se depara com essa configuração e ainda existem tomadas com o antigo formato com dois encaixes apenas. Todavia, existe também a possibilidade do eletrodoméstico ser danificado em situações como foidescrito anteriormente

Sendo assim, por mais que eletrodomésticos mais recentes ainda funcionem caso esse pino seja arrancado, é preciso ter em mente que esse gesto simples pode dar uma dor de cabeça no futuro — principalmente quando é algo que pode ser evitado com pouco gasto ao comprar um adaptador específico para isso.