Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Webcam e máscaras: como a indústria pornô teve que se adaptar à Covid

A produção de conteúdo adulto teve que mudar em tempos de pandemia e, acredite: após anos de crise, ela conseguiu crescer.

Slide 7 de 8
Compartilhe

Feito em casa

De olho no modelo de sucesso do Câmera Privê no digital, o Sexy Hot também investiu em mais novidades, como lives para seus assinantes. 

"Acompanhando a tendência de sexo virtual e exibições em frente às câmeras, adaptamos nosso site e estreamos a funcionalidade de live, para que os atores que já vivem juntos, como os casais e as atrizes que têm uma estrutura para gravar em casa, possam trazer novidades estando em segurança na quarentena. Queremos ajudar os assinantes a encontrar o conteúdo mais adequado e específico para cada momento de consumo, ser a referência mais confiável, sinônimo de variedade e curadoria. Acredito que o digital é um dos caminhos que se tornam mais relevantes no futuro da nossa indústria", conta Cinthia. 

Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar