Assistir filmes eróticos pode determinar problema sexual nos homens

O consumo de filmes eróticos pode inspirar e causar males.

O consumo de filmes eróticos pode inspirar e apimentar a vida íntima de casais, mas um recente estudo realizado pelo Naval Medical Center of San Diego, EUA, assistir a pornô em demasia pode provocar disfunção sexual nos homens, mas não nas mulheres.

Excesso de pornografia pode levar à impotência

De acordo com o trabalho científico, o excesso de pornografia pode fazer com que o homem perca interesse no sexo com uma parceira na vida real e desencadear problemas de ereção de ordem psicológica, e não física.

Um levantamento realizado com 312 homens entre 20 e 40 anos de idade, brancos, casados e heterossexuais sobre hábitos de visualização de conteúdo adulto descobriu uma estreita relação entre o consumo excessivo de pornografia e disfunção sexual, como falta de desejo, baixa satisfação e disfunção erétil.

Cerca de 20% dos participantes do estudo relataram assistir a filmes pornôs de três a cinco vezes por semana e 4% afirmaram que preferiam se masturbar a ter relações sexuais com um parceiro.


Fonte: Com informações do Bolsa de Mulher
logomarca do portal meionorte..com