Cientistas fazem pesquisa e desvendam segredo do desejo sexual

Os detalhes são surpreendentes.

Uma pesquisa publicada pelo neurocientista Eric Haseltine na revista Psychology Today mostra que o apetite sexual depende de vários detalhes a nível inconsciente. Por exemplo, papel importante é desempenhado pela simetria do rosto e do corpo da pessoa, que se enquadram nas percepções de saudável e portador de "bons" genes.

Além do mais, segundo os resultados da pesquisa, pessoas escolhem parceiros pelo cheiro exalado por eles. Durante o experimento, mulheres inconscientemente optaram por homens com traços mais simétricos. Vale ressaltar que o cérebro humano analisa o cheiro e pode definir se o potencial parceiro está doente, bem como pode revelar algumas peculiaridades do seu caráter.

Acima de tudo, a escolha do parceiro depende da composição química da saliva, pela qual os receptores na boca são capazes de revelar o complexo principal de histocompatibilidade, ou seja, se a pessoa escolhida é ou não resistente à invasão de microrganismos, comparando o sistema imunológico do ser escolhido com o seu. A análise feita pelo ser humano antes de escolher seus parceiros sexuais visa garantir que futuras crianças sejam resistentes a doenças.

Desejo sexual depende de muita coisa (Crédito: Reprodução)
Desejo sexual depende de muita coisa (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Noticias ao Minuto
logomarca do portal meionorte..com